Moisés chega ao Santos e evita comparações

Novo reforço do Santos para a disputa do Brasileiro, o paraense Moisés, 21 anos, rechaçou logo na apresentação o apelido inventado pela imprensa paulista. “Algumas pessoas me chamavam de ‘Neymar do Pará’, mas nunca foi a minha vontade ser chamado assim. Queria ser eu mesmo, porque o Neymar é um jogador diferenciado, e eu também posso ser um grande jogador. Por isso, não quero ser reconhecido assim. Antes, ele estava numa grande equipe e eu, no Paissandu. Hoje, estou ao lado dele para ajudar o Santos”, disse.

Tímido, o atacante demonstrou humildade em sua chegada ao novo time, destacando que irá buscar espaço aos poucos dentro do time alvinegro. “A posição (de Neymar e dele) é a mesma. Vou tentar respeitar os companheiros e buscar ajudar a equipe de qualquer forma. Quero ser uma boa opção no ataque para o Santos”, comentou.

Indicado à diretoria do time alvinegro por Júlio Chagas de Lima, o Papito, irmão do meia Paulo Henrique, Moisés espera brilhar no Santos, assim como já fizeram outros conterrâneos seus, casos de Giovanni e do próprio Ganso. “É uma felicidade imensa chegar a um clube que revelou tantos jogadores, como o Neymar. Além dele, Paulo Henrique e do Pará, que são do meu Estado, também foram revelados pelo Santos. Por conta disso, não posso negar que é uma grande oportunidade que estou tendo e espero agarrá-la da melhor maneira possível”, finalizou. (Com informações do Portal Terra e Gazeta Esportiva)

17 comentários em “Moisés chega ao Santos e evita comparações

  1. Colegas, eu fiquei muito p#@$ com esse moleque safado.
    joguei muita praga pra ele e pra sua carreira.
    Mas pensando melhor, já pensou se esse garoto arrebenta e se afirma como um grande craque do futebol brasileiro.
    Já pensou se ele desperta o interesse de grandes clubes europeus e é vendido por uma fortuna, digamos uns 15 milhões de Euros.
    O papão que ainda tem 20% do passe embolsaria, de uma tacada só, embolsaria algo em torno de 7 milhões de reais.
    saneava as suas contas e ficava livre pra investir em outros projetos para o clube.

    Então colegas, concluo que o negócio é torcer, e muito, para o sucesso do Moisés.

  2. É duro ter que torcer pra alguém que não entende nem o tamanho do clube em que jogava e que o projetou.
    Olha só o que ele disse do paysandu quando fazia uma relação entre ele e o Neymar: “Antes, ele (Neymar) estava numa grande equipe e eu, no Paissandu. Hoje, estou ao lado dele para ajudar o Santos”. Logo, segundo ele, o Paysandu não seria uma “equipe grande”.
    Mas como já disseram o sucesso dele será benéfico para a saúde financeira do meu Papão…então o jeito é torcer, porém muito a contragosto.

    1. E verdade! Ou ele foi muito burro no que disse, ou então, disse mesmo o que ele pensava do Paysandu, é lamentavel mais desejo sorte para este jogador!

  3. MOISES NO SANTOS
    WELLINTON NO CASTANHAL
    MARLON NO IZABELENSE
    ADRIANO NO SÃO FRANCISCO
    ETC……
    COMO DIRIA O GRANDE SETORISTA CAXIADO
    EU QUERO E MAIS LIXÃO OPS DESCUPE LEÃO

    KAKAKAKAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    PAPAPAPAPAPAAAAAAOOOOOOOOOOOOOO

  4. engraçado que ninguém fala no Raul, sem falar que andam aliciando jogadores da base do Leão, será vontade de ser Remista, aí tem, vamos esclarecer, ti contar !

  5. de graça ate injeção na testa
    base??????
    so se for de esmalte de unha kakakakakaka……
    time sem divisão, morando no lixo,
    com base essa foi bôa
    kakakakakakaaaaaaaaa……

    papapapaaaaaaaoooooooooooooo

  6. “papapapaaaaaaaoooooooooooooo”. Nossa, isso tudo para tentar fazer do residente de BOLO FECAL, um time grande?
    Saiba amigo que, há controvérsia, justamente daquele que poderia ser o craque bicolor, ou seja, do garôto Moisés que disse: ele (Neymar) estava numa grande equipe e eu, no Paissandu. Logo, dizer o contrário disso é tão somente uma questão de fanatismo, mas como dizem que toda tentativa é válida, continuem tentando, porém será sem efeito porque o Maisés confirmou o que o Brasil já sabe há muito tempo.

  7. ATENÇÃO, O ELEITOR QUE VIROU CAVALO DE CÃO NA HORA DA VOTAÇÃO, NUMA SEÇÃO NA CREMAÇÃO ( VER REPORTAGEM NAS TVS PARAENSE), APOS A SURRA DE CADEIRAS QUE LEVOU, CONFESSOU O MOTIVO DA FURIA DOS ELEITORES DAQUELA ZONA.
    O MESMO SO QUERIA VOTAR NO LANDU.
    NINGUEM MERECE.

    PAPAPAPAPAPAAAAAOOOOOOOOOOOOO

Deixe uma resposta