Basquete: seleção quebra jejum de 8 anos

Foram oito anos, nove jogos de uma longa espera. Mas nesta quinta-feira a seleção brasileira voltou a vencer uma equipe europeia em torneios oficiais. Jogando bem desde o início, a equipe bateu a Croácia por 92 a 74, encerrando um incômodo jejum que durava desde a vitória por 88 a 86 contra a Turquia, no Mundial de 2002.

Com a vitória desta quinta, a equipe comandada por Rúben Magnano garantiu a terceira colocação no Grupo B. Na terça-feira, às 15 horas (horário de Brasília), o Brasil encara a Argentina pelas oitavas de final do torneio. A Croácia, quarta colocada, pega a Sérvia no sábado.

A seleção brasileira começou a partida em bom ritmo e abriu sete pontos de vantagem. Depois de um breve momento de desconcentração fez os croatas virarem o placar para 8 a 7. Depois disso, o Brasil não voltou a ser ultrapassado. Com boas atuações individuais de Alex e Leandrinho, a equipe abria vantagem. A entrada de Marcelinho Machado, que teve bom desempenho nas bolas de três pontos, também foi fundamental para levar os brasileiros ao placar de 48 a 35 no fim do segundo quarto.

O início da segunda metade da partida praticamente definiu a vitória brasileira. Os croatas ficaram 4min44s sem marcar no início do terceiro quarto, permitindo que o Brasil abrisse até 25 pontos de vantagem – no fim do período, a vantagem era de 72 a 50. No último quarto, o técnico Rúben Magnano passou a testar outras formações, com Nezinho, Murilo e JP Batista na equipe. As mudanças reduziram o ritmo do time, mas ainda assim não causaram sustos à seleção, que apenas administrou o resultado.

A vitória, além da quebra do tabu contra os europeus, deixa uma perspectiva melhor para o futuro brasileiro na competição. Caso vença a Argentina nas oitavas, a seleção terá pela frente Lituânia ou China nas quartas. Os croatas pegam a Sérvia, e têm na mesma chave Grécia e Espanha – finalistas do último Mundial. (Da ESPN)

Deixe uma resposta