POA é a verdadeira capital do futebol

O Brasil tem uma nova capital do futebol. Nada de Rio ou São Paulo. Porto Alegre lidera as estatísticas de grandes finais. A desta noite, entre Internacional e Chivas, será a oitava decisão da Libertadores da história e a quarta nos últimos seis anos. O retrospecto da capital gaúcha nas decisões do maior torneio do continente registra quatro disputas envolvendo o Grêmio (1983, 1984, 1995 e 2007) e três envolvendo o Inter (1980, 2006 e 2010). Além destas oportunidades, a primeira partida da decisão de 2005 ocorreu em solo gaúcho. O Atlético-PR, que enfrentou o São Paulo na final, foi impedido pela Conmebol de jogar na Arena da Baixada, já que o estádio não tinha a capacidade mínima exigida pelo regulamento para sediar a partida. O Beira-Rio, pela qualidade das instalações e pela proximidade com Curitiba, foi o palco escolhido. Nos últimos seis anos, contando com essa partida entre paranaenses e paulistas, são quatro finais de Libertadores em Porto Alegre: em 2006 o Internacional foi campeão em cima do São Paulo e no ano seguinte o Boca Juniors venceu o Grêmio. Nesta quarta, o Inter precisa de um empate contra o Chivas para ser campeão novamente.

Deixe uma resposta