Aventuras gastronômicas no país da Copa (4)

Carne cozida com abóbora à moda sul-africana. Segundo chef Antonio, moçambicano da cozinha do hotel Booysens, o legume tem que ser comido como se come abacate aí no Brasil, a colheradas. Nota deste escriba para o prato: 6,5.

21 comentários em “Aventuras gastronômicas no país da Copa (4)

  1. Gerson num momento Claude Troisgros. hehehehehe “Que marrrravilha!”.
    Saudade de um pirarucu com açaí do “veropa”?

  2. Gerson, quando chegares passe lá em ksa é um tapa mesmo do aeroporto, vou te preparar uma costela suína assada no forno com tutú a mineira que vais babar….não fico devendo nada ao chef. Antonio rsrsrsr

    1. Obrigado, amiga Rejane… vou anotar com carinho a sugestão, sem querer abusar de sua hospitalidade.. Não duvido de seu talento nas artes culinárias…

  3. Esse restaurante tá sinistro.
    A apresentação do prato então…
    digna do PF do sujão do seu chico, lá na pedreira.
    Tem que ver se o problema é a culinária da Africa do Sul ou do restaurante q vcs andam frequentando.
    Tira esse escorpião do bolso Gerson! hehehehehe

    1. Camarada, garanto que higiene e limpeza são impecáveis. E é o restaurante de um hotel de bom nível, o Booysens, credenciado pela Fifa. O prato pode não ser realmente lá essas coisas (daí a nota 6,5), mas não se trata de pé-sujo, não.

  4. Apesar de magrela, a leoa ainda é atrativa, quando ganhar um título que preste e por conta ganhar alguns kg, vai ser muito mais apreciada.

  5. Gerson,devo tá imaginando a saudades como bom baioneta,que vc está sentindo de uma cuia de açai com camarão e chibe,daqueles de R$10,00 o litro.
    Acertei?

    1. A minoria passa despercebida, mas o JUCA e o Falconi estão na área, agora a quantidade de postagens que eles lançam passa a idéia de uma quantidade maior, e estes estão ausente no momento. Quando aparecer a bandeira fúnebre na telinha eles virão com tudo. Só aguardar…

    1. Na verdade eu divulgo mais que qualquer torcedor azulino que está num marasmo, provavelmente pela decadência e falta de títulos. Se não der minhas pontadas aqui vão esquecer que existe. Pra frente Leoa senão o papa título vai ficar medindo forças com clubes do interior, ou já não está isso acontecendo?

Deixe uma resposta