Remo praticamente escalado para o clássico

Sem o lateral-direito Levy, suspenso, o técnico Giba treinou na quinta-feira e deve confirmar nesta sexta a escalação para o jogo decisivo contra o Paissandu: Adriano; Neto, San, Raul e Marlon (foto); Danilo, Didão (Ramon), Otacílio e Samir; Marciano e Landu. O atacante Marciano, com resfriado, foi poupado do último treino, mas está confirmado entre os titulares. 

Como opções no banco de reservas, o treinador conta com o goleiro Wagner Bueno, o lateral  Diego Azevedo, os zagueiros Pedro Paulo e Márcio Nunes, o volante Fabrício, os meias Gian e Vélber e o atacante Héliton. O time se mantém invicto desde a vitória de 2 a 1 sobre o próprio Paissandu na quarta rodada do returno.

9 comentários em “Remo praticamente escalado para o clássico

  1. Ouvindo alguns comentaristas, nas emissoras de rádio, eles não entendem porque não Gian no lugar de Samir ou Otacilio. Quanto a Otacilio, ja falei da questão dos 3 volantes. Quanto a Samir, em detrimento a Gian, é porque, penso eu que Giba vai procurar marcar o time do Paysandu em seu campo, congestionando o mesmo, no que penso ser correto. Fazendo isso e, com Landu e Marciano abertos, já que o Papão jogará com o Edinaldo, ao tomar a bola, precisará de um homem mais rápido para sair para o ataque, fazendo essa bola chegar com mais rapidez a Landu e Marciano, pegando a zaga de surpresa.Isso, teoricamente falando, é bom que se diga.

    1. Em qualquer configuração, Cláudio, a insistência com Otacílio é inadequada. Ele não combate como um volante deve combater, antecipando ou buscando roubar bola. Quase sempre comete faltas próximo à área. E não se comporta como meia, pois não tem a habilidade necessária. É peça nula e obriga o Giba a substituí-lo em todos os jogos, no intervalo ou antes dos 20 do segundo tempo. Quanto à opção pelo Samir, na minha opinião, deriva de uma interpretação equivocada do papel e das características de Samir, que é um meia-atacante, jamais um meia-armador. Com Samir em campo, ele precisará que Otacílio seja mais meia que volante e é aí que a coisa pega.

    2. É Cláudio, por aqui e muito fácil agente ficar falando o que agente pensa em relação ao jogo, mas penso eu com meu humilde raciocionio, que Charles Guerreiro, já tem algo traçado para o remo neste jogo, pode ser que eu me engane, mais acho isso.

  2. Mas aí é que está, Gerson, ele será esse meia atacante e, terá a liberdade pra isso, já que Marlon(uma vez ou outra) será o outro a seu lado. O Remo jogará, na minha opinião, no: 4-3-1-2. Onde esse 1, é o Samir.

    1. O problema de origem permanece sem solução, amigo Cláudio: Samir pode funcionar como meia-atacante, sabe jogar, mas quem irá abastecer o ataque criando jogadas? Otacílio? Duvido muito que dê certo. Acredite: com Otacílio em campo, o Giba já queima uma substituição de cara porque ele não rende.

  3. Amigo Gérson, espero que seja problema nesse computador que eu uso, do contrário vou começar a desconfiar que o “marrento sensual” (isso eu vi no twitter) amigo de Baião, anda a passar a tesoura nos meus comentários. Confesse-me se foi o Edmundo Neves que pediu censura na piada do dirigente tunante? Rs.

Deixe uma resposta