Paissandu dispara goleada sobre o Águia

Quem ainda tinha alguma dúvida quanto ao melhor time deste campeonato, certamente não tem mais. O Paissandu massacrou o Águia, impiedosamente, na manhã deste domingo, na Curuz, por 6 a 1, confirmando a excelente fase de alguns de seus jogadores e, acima de tudo, o acerto do esquema tático montado pelo Charles Guerreiro. Aliás, acima da habilidade de Tiago Potiguar e do oportunismo de Moisés e Bruno Rangel, paira o comando sereno e indiscutível de seu treinador.

Na partida de hoje, em apenas 28 minutos o Paissandu construiu um escore de 3 a 0, jogando com objetividade. Sofreu um ataque fulminante do ataque assim que a bola rolou. Wando invadiu pelo lado esquerdo da área e bateu forte, à meia altura. O chute explodiu no poste de Fávaro. Pode ter sido a bola do jogo para o Águia. A partir daí, o Paissandu se organizou em campo. Saía rapidamente da defesa para o ataque, com bola sempre de pé em pé, sob a liderança de Tiago Potiguar, que fazia chegar os passes aos homens de frente.

O primeiro gol veio de um escanteio cobrado por Flávio Medina. A bola desviou no caminho e se apresentou para Bruno Rangel tocar para o gol vazio, aos 9 minutos. No segundo gol, aos 15 minutos, cruzamento perfeito do meia William para Bruno Rangel cabecear e vencer o goleiro Alan, que falhou no lance. Aos 28 minutos, veio o terceiro gol. Moisés, que não havia aparecido até então, recebeu bola ao lado da área, driblou o zagueiro Darlan e disparou rasteiro, quase sem ângulo. Alan não conseguiu pegar. O Águia não conseguia trocar três passes seguidos, perdido na marcação forte de Alexandre na cabeça de área do Paissandu e na postura firme da zaga. Diante da apatia do resto do time, Wando e Vítor Ferraz tentavam lances individuais, mas eram facilmente anulados.

No segundo tempo, o Águia voltou mais fechado no meio-campo, com Rodrigo Sarará em lugar de Darlan. O meio-campo passou a trabalhar mais a bola, mas o ataque não funcionava. Wando teve duas chances, mas finalizou mal. Em jogada que envolveu o zagueiro Leandro Camilo, Moisés tenta de cabeça, mas a bola passa rente ao poste. O jogo fica morno e desinteressante. O Águia não tem forças para agredir e o Paissandu parece satisfeito com a vantagem imposta no primeiro tempo.    

A coisa só volta a esquentar aos 34 minutos, quando Moisés irrompe pelo lado esquerdo do ataque, passa pelo marcador e cruza à meia altura. Tiago só escora para as redes. 4 a 0. Na sequência, Garrinchinha (que havia substituído Tiago Marabá, apagado no jogo) é derrubado por Leandro Camilo. Pênalti, que Jales converte, aos 35. Didi substitui Bruno Rangel e, em sua primeira jogada, complementa para as redes uma grande jogada de Tiago Potiguar, aos 39 minutos. Quase em ritmo de treino, tocando com facilidade, Zeziel cruza e Moisés marca o sexto gol, aos 43 minutos. Vitória incontestável do Paissandu, para delírio do pequeno público presente à Curuzu.

O árbitro foi Fernando José de Castro Rodrigues (FPF), com boa atuação. A renda foi de R$ 40.212,00, para um público total de 3.481 torcedores, sendo 3.001 pagantes e 480 credenciados. (Fotos: MARCELO LÉLIS/Bola)

46 comentários em “Paissandu dispara goleada sobre o Águia

    1. Éguaaaa, Otávio, tenha santa paciência: o Didi substituindo o Bruno Rangel? Fala sério. O cara joga bem, faz sete gols (2 só hoje) nos últimos quatro jogos e você defende sua barração? Como diria o Cláudio Guimarães, são essas coisas que eu não entendo.

    2. Concordo Gerson Nogueira,
      O resultado do jogo de hoje, serve prá mostrar ao Sandro, que ele não é inprescindível ao time, portanto, ele tem de botar a cabeça no lugar, refletir a atuação dêle, até o rePA, e jogar a bola que ele tem e sabe, nós, torcedores, o reconhecemos por isso, e deixar de criar casos, como o de domingo passado, que só prejudicam o time.
      Aliás, como já diz um velho adágio popular, “Há males, que vem pro Bem,” esse, é um dêles, no meu entendimento, a partir de agora o Sandro não tem apenas sombra, mas sim, SOMBRAS, isso, é bom pro grupo.; mostrou também, prá todos, que ninguém, é titular absoluto, pois existem substitutos à altura.
      Quanto ao Didí, com a malandragem que promoveu, antes do rePA, entendo que encontru seu lugar, NO BANCO, pro Bruno Rangel, garoto humilde, mas competente, resignado, soube aguardar sua vez e hora, sob o comando do Charles Guerreiro, que manja do ofício, mesmo à contra gosto, do nobre Cláudio Santos, está aí, mostrando sua capacidade de finalizador nato e competente, ajudando muitíssimo, com seus gols, o BICOLOR AMAZÔNICO, QUE REENCONTROU O CAMINHO DA VITÓRIA; o Didí, no entantro, tem suas qualidades e seu valor, mas agora, terá de correr atrás, penso.
      Que bola joga esse garoto Thiago Potyguar, tem me trazido à lembrança, o Edésio, lembra Gerson? malabarista e habilidoso com a bola, Genial, esse garoto vai longe, mas antes de desembarcar do BICOLOR ,que penso será logo, deverá nos ajudar a retornar, à série B do Brasileirão, aliás, penso que o BICOLOR AMAZÔNICO, já deveria ter assinado um contrato pleno com o Vaninho, esse negócio de apalavrado, nunca deu certo, tenho certeza Gerson Nogueira, que o Potyguar sai do PAISANDÚ, antes do final da série C.
      Que moleza, aquela do Leandro Camilo, o Garrinchinha, estava na diagonal ao gol, mas, saindo prá linha de fundo, era só continuar cercando, talvez, se algum companheiro o tivesse orientado a manter-se só cercando, ele não houvesse se precipitado, mas, continua com crédito.
      Gostei das atuações do Medina, e do Wilian, que estavam devendo e são apostas do Charles Guerreiro, na verdade, penso o que os tem atrapalhado, é a responsa de não errar, pois sabem que, espera-se muito dêles; o Zeziel voltou muito bem, apesar dos vacilos iniciais, e gostei também, da atuação do Edinaldo, foi muito bem na estréia, usando esse manto celeste, aliás, Gerson, percebeu, como esse manto fêz bem a ele? pois jogou confiante, sempre objetivando o rumo do gol, apesar de ser lateral.

  1. Futebol não tem explicação. Domingo esperava o escore que hoje aconteceu, não levando em conta a supremacia bicolor , mas a gritante diferença entre os adversários. Que cada um tire suas conclusões a respeito dos últimos acontecimentos e explique porque o defunto ainda não começou a feder.

    1. Como diria o outro, Jorge, clássico é clássico e vice-versa… hehehe. A verdade é que o Re-Pa é algo à parte, não serve como referência, nem comparações.

  2. Houve marmela caro amigo, você ainda não conseguio enxergar o acontecido, onde o remo tem time para vencer o “CAMPEÃO dos CAMPEÕES”, nunca no Brasil. E por falar em campeão o remo sagrou-se campeão de futebol feminino do 1º turno. Não seria uma boa o GIBA, dar uma olhada nas garotas e colocar algumas no time de ruim que ele treina. Acho que teria mais futuro com elas em campo…e para a torcida gayzulina………………..putz…….

    “O VERDADEIRO e LEGITIMO CAMPEÃO VOLTOU e NÃO O GENERICO do ULTIMO DOMINGO”

    “SOFRAM SEM MODERAÇÃO”

  3. Hoje tava uma manha agradavel para pratica do futebol um horario bom sem sol quente e ontem ja tinha chovido horario noturno mesmo assim teve mais publico ontem estranho

    1. Antônio, ontem a ilusão e enganação proveniente de domingo favoreceram para que os desesperados comparececem em maior número. Como há a possibilidade de ter sido o de despedida, já que a leoa vai jogar a duas últimas do seletivo fora, não ancance uma vaga para o G4, embora ache que este multirão para a colocarem na série D não será em vão, isso nem pensar, seria muita incompetência e desapontamento com quem mais tem estendido a mão.

  4. Esse grupo e com Alexandre Carioca tendo essa disposicao toda atuando exclusivamente como cao de guarda do Papao e Sandro de volta como segundo volante mas marcando também é a melhor formacao atual do Paysandu. William nao teve uma atuacao espetacular mas no primeiro tempo fez passes importantes para o gol e nao deixou de ocupar os espacos no meio de campo pra dificultar a vida do aguia.Concluindo, defendo que Fávaro seja daqui em diante o capitao do Paysandu e nao o Sandro, isso complica muito o meia bicolor. Bom jogo, bom público e boa renda.

    1. William errou uns 200 passes, César. A torcida ja estava tiririca com ele. Acertou o cruzamento do segundo gol, mas é lento demais e não consegue fazer um lançamento decente. Está muitos furos abaixo do Marquinhos; do Fabrício, então, nem se fala. Desconfio que o Paissandu trouxe o William errado lá de Santa Catarina.

      1. Concordo com vc caro Gerson, ele não serve para o Papão na serie C, esse pode ir e com ele o Flavio Medina, mais quanto a Alexandre carioca e o novo Wanderson na marcação com diferença que sabe jogar mais com a bola nos pés.

  5. Acho que o olheiro do Esporte Recife, saiu quase cego do baenão sábado, mais hoje domingo, o Paysandu com a ajudar do Thiago Potiguar 2, Moises 2, Bruno Rangel 2, e Didi 1, colocaram um colirio e curaram as vistas desse olheiro, que veio para ver um futebol bonito em velocidade, e não aquela coisa bizarra,bizonha de sábado em que o jogador mais importante da partida foi o arbitro!

  6. O Time base do Paysandu para ser campeão paraense 2010!

    Favaro, Allax, Leandro Camilo, Paulão, Alvaro, Alexandre Carioca, Zeziel, Sandro, Thiago Potiguar, Móises, Bruno Rangel…com este time penso eu o paysandu ganha fácil o campeonato…

    “SAUDAÇÃO BICOLOR”

  7. Os resultados da rodada confirmam de forma clara todas as suspeitas lançadas sobre o último re-pa. Lamentável o bicolor ter se prestado (pelo segundo ano seguido) a ajudar o rival… Já conheço os semifinalistas desse torneio faz-de-conta do Nunes: remo, paysandu, águia e são raimundo. Nunes jamais vai permitir que independente ou cametá se classifiquem, pois isso seria colocar em risco a vaga azulina à quarta divisão. Também é preciso levar em conta os interesses eleitorais do patrocinador estatal…

    1. Não creio nessa hipótese, Cleiton, sinceramente. O torcedor pode até especular essas maluquices, mas Re-Pa é sempre imprevisível. Já vi coisas muito mais surpreendentes do que o jogo do último domingo, sem jamais acreditar em armação ou facilitação. Quem crê nisso não conhece de fato a essência dessa rivalidade.

      1. Sim Gerson, rivalidade existe e sempre irá existir, mais o pior e quem comanda os nossos clubes permitir esse tipo de coisa, eu concordo com o Cleiton sim, e acho que o Remo apesar de todos falarem que classico não tem favorito, mas para mim o remo foi ajudado pelo paysandu, os gols não foram facilitados para que acontecessem, mais o paysandu teve inumeras oportunidades disperdiçadas na partida, onde com certeza se não tivesse alguma coisa negra por traz sairia mais uma vez do mangueirão com mais uma goleada sob a fraca equipe azulina…Essa e minha opnião cada um tem a sua…

      2. Bem a pouco meses atrás o futebol maranhense projetou da maneira sem vergonha uma trama para prejudicar um clube e favorecer o Moto clube. Estão no mundo de hoje tudo é possível. Uma vez na vida não desperta esconfiança quando bem tramado, mas de dois anos pra cá tem sido uma constante. Pode ser e espero está enganado, mas gera no mínimo dúvidas.

    2. Olá eu concordo em parte com o colrga Cleiton, não pelo fato de o Paysandu terperdido no REXPA porque clasico é clasico e se levarmos em consideração que o Paysandu é um time mais tecnico e as condições do gramado não era favoravel para esta situação pois estava pesado beneficiando o remo que tinha a proposta de se defender saiu-se melhor no confronto, pois acredito que ninguém gosta de perder e o hoje o Tiago teve uma brilhante apresentação coisa que não ocarreu no último domingo ( provocado pelas condições do gramado ) que na minha opinião é o termomêtro do Paysandu ao contrário do que alguns pensam ser o Sandro, se você observar vai perceber que o time ganhou mais posse de bola e ofencividade com a chegada do mesmo que criou um padrão de jogo que antes não tinha, isto é , se o Tiago jogar bem o time produz caso contrário o time não rende o esperado, creio que com a chegada do Vaninho para e série C o time ganha qualidade na saida de bola eo papão tem condições reais de subir para a B este é o meu pensamento e fico triste com o seu LOP em não ter observado o garoto Ailson do Potyguar que foi uma das sensações do Potyguar no campeonato potiguar e está indo para o Icasa do CE, se o moleque de 17 anos que precisa de uma estrutura que infelismente o Potyguar não tem por ser um time semi-amador está se transferindo para o Icasa para fazer paret do elenco que disputará a série B do brasileiro.

  8. Gerson, começando pelo jogo de hoje, o Paysandu entrou em campo, como se fosse o jogo da sua vida e, o Águia, como se já fosse o campeão do 2º turno. Ficou claro e bote claro nisso, que o Charles fez o óbvio(parabéns à ele). Colocou Zeziel, única e exclusivamente, para marcar o Thiago Marabá e, conseguiu anular esse jogador(que também não fez nada pra se desmarcar). Quem estava assistindo ao jogo pela tv, pode perceber, que em um determinado momento o Charles falou pra algum jogador(só saiu a fala dele):” Ele pode meter o Rodrigo”(isso porque, se um estava marcado, ele teria que meter um outro.Mas o problema do Águia, hoje, não foi só ligação). Quando isso aconteceu, o Alexandre colou nele e, o Águia continuou sem ligação. Agora, o Papão levou vantagem, pelo seguinte: O homem de ligação marcado, Os Laterais não funcionaram e, seus dois volantes, não conseguiram jogar(estavam mal mesmo). Ao ver que o Thiago estava marcado, o Charles já se preparava para a entrada de outro(Rodrigo), só que, quando ele entrou, era pra ter entrado não só ele, mas também o Garrinchinha(que a meu ver, não chega aos pés de um Aleilson ou M. Marciel).Penso que ganhou, quem mostrou mais disposição, pois, mesmo com essa marcação individual, se vc estiver esperto no jogo, vc não se deixará marcar tão facilmente. Parabéns ao Papão pela vitória, mas não mudo minha opinião sobre sua postura tática em campo.Não me iludo com vitórias e sim, como elas são conseguidas. Pela disposição, Parabéns ao Papão de Charles Guerreiro, Por hoje.

  9. Cláudio, o jogo de hoje como se fosse o da sua vida é não querer desatar o nó que o Charles deu no bocudo Galvão. Ontem sim foimais um jogo da vidado Remo, seria óbvio que o rendimento fosse o mesmo ou não? Explique essa do Giba de que travas de chuteiras influenciaram no resultado do jogo. Por acaso o estava proibido a troca por outras que adaptassem melhor ao gramdo. Te dizer.

    1. No proximo jogo do Remo, Berlli temos de avisar a ele que os jogadores ruins do time dele jogam tambem de “QUICHUTE”, são um bando de peladeiros que não estrariam em nada este tioi de calçado.

  10. Não queria chagar a esse ponto, mais cada vez mais me encanto com o futebol desse jogador Thiago Potiguar, para mim ele e o craque do campeonato, e hoje desencantou marcando seu 1º gol no campeonato e onde já poderia ter deixado sua marca contra o remo por 2 vezes, com ele no time volta a nostalgia do Papão de 2003, com jogadas envolventes de clara lucidez e objetividade, mais e claro que o atual time está ainda muitos anos luz daquele timaço do Papão, mais sonhar não custa nada.
    Poís o futebol de Thiago parece um pouco com o futebol apresentado do ex-meia Iarley que hoje está no Corinthians, so que naquele time tinham muitas estrelas, e que hoje os atuais jogadores estão longe de comparações com os do passado. Mas como e bom lembrar de coisas boas.

  11. Nesse exato momento AK, o ilusionista, está esclarecendo sobre a construção da arena da BR da morte ao Cacheado, outro contador de causos. Hehehe, lembrei do Tarvernard , não é povo, é público.

  12. Com ou sem no tatico, a verdade e que em classico tudo e imprevisel, mas acredito em corpo mole em determinadas situacoes. Neste sentido, embora o bicolatenha feito uma boa atuacao, acho que nao sera campeao do segundo turno, pra faturar renda com uma final. O problema e que nao combinaram com o adversario, que pode se aproveitar e levantar ocaneco. E se os azulinos vencerem o segundo turno, podem faturar o campeonato e ai a minha previsao do time do Sinomar campeao se confirma – se o Giba tambem deixar. Mas por falar em Giba, Claudio, estamos aguardando o seu comentario sobre o duelo dele com o Samuel.

  13. Gerson, se o Bruno Rangel tivesse a lucidez que o Didi teve no gol que marcou, o Paysandu teria enchido(mais) o Águia, se vc reparar os gols que o Didi fez no campeonato irá observar a frieza, caracteristica de um centroavante nato, e ele lembra o Robson, não só nos gols, como nos passes. Gerson, o Didi foi titular do América do México ao lado do Cabañas, o cara conhece.

    1. Amigo pára! Esse Didi também já jogou no time que hoje atua o Fenômeno. E daí?
      O Bruno Rangel não é nenhum Andrezinho (Santos) mas em vista do Didi …….
      André! Não esqueça do Fabrício na sua escalação.
      Provocação: “o IDH de Melgaço” quando é 11 contra 10, só consengue o empate – no sufoco.

  14. Acredito que tanto Sandro, Alexandre, Tácio, Didi e Bruno Rangel têm condições de serem titulares nessa equipe, todos têm dado conta do recado, e que é muito bom para a formação de uma EQUIPE FORTE para a disputa da série c. E mesmo que alguns não acreditem em armação do rexpa, podemos tirar a dúvida nesse nas finais desse campeonato, prestem só atenção, se houver rexpa na final do turno, certamente o remo será o vencedor, para que dessa forma possa haver mais dois jogos para que as dois clubes lucrem. Caso contrário dessa hipótese, é Papão campeão!

  15. E daí? Não não fácil para um jogador chegar ao Águia, imagine no Corintians e no América do México. O Bruno, com todo respeito, Não passa disso.

  16. Bastou sair o Sandro. quando ele joga o time torna-se previsivel, com somente um jogador fazendo a ligação. Sem ele, as conexões entre a defesa e o ataque multiplicam-se exponencialmente e o time mostra o que é capaz. Futebol é simples: basta multiplicar as conexões efetivas e de qualidade entre os jogadores. O gol é consequência.

  17. Gerson, parabens pelo titulo carioca.comemore muito porque o proximo´só daqui à 10 anos ou muito mas. um abraço nogueira.

  18. Gerson tu podes me dizer quem é o padrinho do pedro paulo do REMO,égua esse cara é muito ruim… ontem então entregou o jogo,é todo duro,desengonçado e atabalhoado,será que o Giba não ver isso,ou será a culpa das travas de plásticos dele,para ele ser tudo isso?

    1. Juca, Pedro Paulo é fruto daquela política do AK de pés no chão, financeiramente barato ou caro se deixarem procurara depois a justiça. Acho que a coluna cervical dele, também é de borracha.

  19. Pra quem é contra o charles guerreiro como técnico ta ai a resposta, o charles pegou o time todo atabalhoado e acertou o time pra engrenar no campeonato, muita gente achava o barbieri a primeira maravilha do mundo, trouxe um bocado de perna de pau que a diretoria não demorou pra enxergar, tipo muçamba, marcos vinicius entre outros, o charles acertou em cheio o time ideal, e tá ai pra quem não acredita em técnicos locais!!

  20. PARABÉNS AO PAPÃO E AO CHARLES GUERREIRO PELA BELA ATUAÇÃO DO TIME.

    AVANTE, PAPÃO!!!

Deixe uma resposta