A volta de Robinho, cada dia mais provável

Por Paulo Vinícius Coelho

A informação mais precisa sobre Robinho e o Manchester City foi dada na sexta-feira e confirmada na entrevista do atacante à rádio Bandeirantes, de São Paulo, na manhã deste domingo. O Manchester City já decidiu emprestá-lo. É isso o que dá chance ao Santos trazê-lo de volta ao Brasil, para um período de seis meses, talvez até de um ano.
A questão é se algum clube da Europa vai entrar no circuito antes de o Santos fechar negócio. Na sexta-feira, um telefonema para o presidente santista Luiz Álvaro ainda representava um depoimento desanimado sobre a volta do jogador. “Há pouco tempo para viabilizar a entrada de algum parceiro, que ajude a trazer Robinho de volta”, disse Luiz Álvaro a este blog.
Era despiste. O negócio já estava em andamento. O Santos tem parceiros capazes de pagar parte do salário, na casa de 500 mil euros. O Manchester City pagará uma parte do salário e Robinho abrirá mão de outra parte. Quer dizer que o salário pode ser da casa de 500 mil reais, em vez de euros.
De manhã, na rádio Bandeirantes paulista, Robinho deixou claro que o Santos é sua casa e confia que a transferência fará bem a quem precisa jogar em alto nível antes da Copa do Mundo: “O Santos sempre só me fez bem.”
Não é seguro que Robinho vai jogar no Santos. Mas o negócio não é delírio. É concreto.

Em tempo: Robinho fez sua provável última partida pelo Manchester City neste domingo e saiu em grande estilo: deu o passe para o primeiro gol e fez o último da vitória de sua equipe sobre o Scunthorpe United por 4 a 2 pela terceira fase da Copa da Inglaterra.

5 comentários em “A volta de Robinho, cada dia mais provável

  1. Vi uma entrevista do Robinho e o caminho rumo a Vila esta tracado. Ta certo que o time adversario do Manchester era fraco, mas fico pensando: sera que ele, mais uma vez, forcou a barra pra sair?

    1. É mesmo. E as rádios do Rio estão informando que Denilson, o próprio driblador inútil, está a caminho do Flamengo, para formar parceria com Petkovic, Gil e Love. Só se for para reforçar a roda de pagode na concentração.

  2. Pode ser que no Santos, ganhando menos, volte a jogar futebol. O problema é que em Santos tem praia e e como no Rio, tem muita balada pela noite…

Deixe uma resposta