Primeiro tempo sem gols na Curuzu

Terminou, há pouco, na Curuzu, o primeiro tempo de Paissandu x Independente. Placar de 0 a 0, que diz bem o que foi a partida até aqui. Equilíbrio até na pouca inspiração ofensiva dos dois times. O Paissandu, com Moisés e Bruno Rangel no ataque, quase não criou chances de gol. A mais clara foi num potente arremate do lateral-direito Parral, aos 27 minutos, de fora da área. Que não se culpe, porém, somente o ataque do Paissandu pela ausência de gols. Seu meio-de-campo marca, mas não cria jogadas, pela falta de um meia-armador. Originalmente um volante, Zeziel joga com a 10 mas está quase sem função, correndo muito e produzindo pouco. Os poucos momentos de lucidez acontecem quando Sandro se aproxima dos dianteiros.

Do lado do Independente, apesar da fragilidade do ataque, surgiram pelo menos dois bons momentos, em chutes de Lima e Ró. Além disso, o time de Samuel Cândido controla melhor a bola na intermediária, criando dificuldades para o setor defensivo do Paissandu.

Até o momento, os que se saem melhor em campo pelo Paissandu são: o zagueiro Vítor Hugo, o lateral Parral e o volante Sandro. O volante Muçamba (fraquíssimo), o atacante Moisés e o lateral Fabinho são os destaques negativos. No Independente, destaque para o zagueiro Roberto, o meia Lima e o atacante Ró. O mais fraco até aqui é o meia Adelson.

Em Cametá, vitória parcial do Cametá sobre o Águia. Jailson fez o gol cametaense.

Deixe uma resposta