Sandro, recuperado e pronto para empolgar a Fiel

A reapresentação, na tarde de quarta-feira, foi à altura dos grandes ídolos. Sandro (foto acima) chegou, vestiu a camisa alviceleste e foi para a galera. Beijou o uniforme e foi cumprimentado por dezenas de torcedores, esperançosos de que volte a mostrar o futebol valente e competitivo de até quatro anos atrás. Empolgado com a recepção, o volante de 36 anos falou da lesão na coluna que quase forçou sua aposentadoria. Garantiu que se não estivesse bem jamais aceitaria o convite da diretoria do Paissandu. Pelo que deu a entender, está pronto para estrear pelo Papão na abertura do campeonato, dia 17.

Ao mesmo tempo, a diretoria do clube faz os cálculos e projeta uma folha salarial em torno de R$ 250 mil com a chegada dos novos reforços e a contratação do técnico Luiz Carlos Barbieri (foto ao lado). Para ajudar a bancar os custos, o clube negocia mais dois patrocínios, provavelmente das empresas Medley e Y. Yamada. Para a disputa da Série C, a ideia é fazer novas aquisições, elevando a folha de pagamentos para até R$ 500 mil.

Até amanhã, antes do embarque para a pré-temporada em Barcarena, o Paissandu deve enxugar o atual plantel, que tem 38 jogadores. A vontade de Barbieri é viajar com 28 atletas. Os demais devem ser devolvidos às categorias de base, liberados ou emprestados. (Fotos de Tarso Sarraf/DIÁRIO; com informações do Bola e da Rádio Clube)

10 comentários em “Sandro, recuperado e pronto para empolgar a Fiel

  1. Bem, baseando-se nessa informação que será investido em folia salarial de 25o mil a 500 mil por mês, 2010 é o ano do Paysandu.
    Pra pior ou pra melhor.
    Um ano que vamos lembrar pelo maior fiasco da história ou pela maior glória (um ano onde se acreditou e investiu).
    Um ano que pode trazer as maiores dívidas trabalhistas do clube – inclusive com perda de bens – ou o ano que o Papão voltou pra série B como campeão, com um timáço.
    Ou seja, 2010 promete.
    Eu como bicolor confesso estar mais confiante nesse time e nessa proposta maluca de ir pro tudo ou nada.
    Mas também lá no fundo to muito preocupado.

    Quanto ao Sandro, resta a esperança. Se ele jogar metado do que jogou, acho que vai fazer a diferença.

  2. Não consigo ficar empolgado com tudo isso, apenas preocupado com o futuro.

    São muitos jogadores chegando e ninguém terá paciência de esperar o time se entrosar, já que resta pouco tempo para começar o campeonato.

    Já disse aqui que devemos esquecer o Paraense e focar na Série C. Fazer do Paraense uma pré-temporada para o futuro.

    Mas já estou vendo a falta de paciência da torcida e da imprensa quando houver derrota no campeonato. É aí que mora o perigo.

  3. Inteiramente irreal uma folha de 500 mil reais e não precisa ser gênio financeiro para saber disso. O arrojo (mais uma loucura de LOP) traz mais preocupações do que esperanças. Folhas muito menores que esta nos levaram à bancarrota, verdade ou não???

  4. Folha de 500 mil nos leva a despesa de 6 milhões por ano, mais do dobro do que se costuma praticar por aqui, e que nos encheu de dívidas – estamos presenciando a maior loucura de LOP, maior que as despesas da era Tourinho, que certamente não chegaram a estes valores absurdos.

    Comparações com o Atlético-GO, de folha idêntica, não servem, pois o dinheiro vinha de uma ramificação do esquema Arruda, que irrigava Brasília e alguns amigos de outras cidades, inclusive Goiânia. Descoberto o esquema, o Atlético deverá ficar sem recursos e fazer o caminho inverso.

  5. o Paysandu esta indo para a guerra, apostando na fiel torcida, que e’ de onde sempre vem o dinheiro. uma aposta sem nenhum planejamento, louca..mas que pode vir a dar certo.
    Concordo com o Diogo, no quesito estadul. tem que deixar de lado o campeonato do Nunes e pensar somente na serie C. afinal isto e’ o que conta.

  6. Bom dia Gerson Nogueira e amigos do Blog.
    A empolgação é grande? a preocupação, é maior ainda.
    Concordo com tudo nos post’s acima, a loucura não é grande amigos, ela simplesmente é TREMENDA! porém, justiça se faça, ela, desta feita, não é só do aLOPrado, ele ganhou um associado, o endinheirado-Roger Aguilera- que também é candidato a deputado, estadual talvez, e é aí que mora o perigo.
    Na campanha passada quando ele R. Aguilera, concorreu a vereador de Belém, não ganhou nada. Penso que ele resolveu rever estratégias, pois naquele evento, ele prometia ajudar o BICOLOR AMAZÔNICO, que claudicava no brasileirinho, mas, foi demovido, pela família, de tal idéia e mandou avisar que não tinha tempo para envolver-se com futebol do Paysandú, lembram? pois bem, como naquele pleito ele tomou ferro, agora, ante as eleições que se aproximam ele resolveu tentar de nôvo, desta feita, da forma tradicional, sem inventar nada, vai investir no futebol do BICOLOR tentando cabalar votos para sua campanha; nada contra, afinal, todo cidadão brasileiro tem o direito de concorrer a uma vaga no legislativo, qualquer que seja a esfera; o meu receio, é o de todos os bicolores, desportistas e profissionais ligados à área e que enxergam um pouquinho adiante do nariz(aquele famoso palmo adiante), após a campanha(no insucesso) a gigantesca dívida ficará para o BICOLOR AMAZÔNICO, ou alguém ainda duvida disso?

  7. Vemos que os loucos investimentos bicolores estão provocando mais preocupação do que otimismo. O torcedor já está calejado, Gerson.

  8. Cleiton, preocupação para aqueles que enxergam um pouco além do nariz, de acordo com o que disse o Silas, no entanto, a maioria não tá nem aí, se ao final ficarem dívidas para o Bicola. Eu sou de opinião que coleta de endinheirado, vaquinha, mecenas e outras podem até dar certo no curto prazo, porém a médio e longo prazo são comprovadamente nocivas para a instituição.

  9. Sinceramente, espero que 6e certo!
    mas, é chato, trabalhar contandoapenas com sorte!
    Acredito que, o certo, como já foi martelado por aqui, é PLANEJAR1
    E, até agora, não vi isso!
    Não quero virar torcedor “mulher de malandro”, que apanha e volta sorrindo!

    Abraço a todos!

    Saudações Bicolores, e…. sorte!! (vamos precisar , viu?)

Deixe uma resposta