As 5 lesões mais estúpidas do futebol

Para os ingleses qualquer coisa é motivo para fazer uma listinha. Agora, o tablóide sensacionalista “The Sun”, conhecido por suas curiosas listas dos dez mais em diversas áreas, preparou uma sobre as lesões mais estúpidas da história do futebol. E, como é de praxe, dão maior destaque aos seus representantes. Confira abaixo as contusões mais esquisitas e ridículas.

1. Steve Morrow

O jogador do Arsenal fraturou a clavícula ao cair dos ombros de um companheiro ao comemorar a vitória sobre o Sheffield Wednesday na final da Copa da Liga Inglesa de 1993.

2. Darren Barnard

Nos anos 90, o meio-de-campo do Barnsley rompeu um ligamento de um joelho ao cair no chão de sua cozinha depois de pisar numa poça de urina do seu cachorro.

3. Dave Beasant

Em 1993, o goleiro ficou cerca de dois meses afastado dos campos depois que deixou cair uma garrafa de molho de salada no seu pé.

4. Alan Wright

O ex-jogador do Aston Villa lesionou o joelho tentando alcançar o acelerador de sua nova Ferrari.

5. Richard Wright

Em 2006, o goleiro do Everton perdeu um jogo contra o Chelsea pela Copa da Inglaterra ao cair sobre uma placa de aviso durante o aquecimento.

2 comentários em “As 5 lesões mais estúpidas do futebol

  1. O Canízares, goleiro espanhol que esteve para vir para o Fluminense, deixou um vidro de perfume cair em seu pé às vésperas da Copa de 2002. Ficou de fora.

Deixe uma resposta