A jovem guarda do Remo

Apesar do sufoco no jogo de domingo, em Marabá, contra o Internacional de Morada Nova, que terminou empatado em 1 a 1, a direção do Remo avalia como bastante positiva a programação de jogos do time dirigido por Sinomar Naves. E um dos aspectos mais destacados é a observação dos jovens jogadores oriundos das divisões de base. Os que mais têm se destacado são o zagueiro Raul, o lateral Diego Azevedo, os meias Ramon e Jhonnatan e os atacantes Helinton e Zé Inácio. Todos estão na faixa entre 17 e 20 anos e podem vir a ser aproveitados no time que disputará o Campeonato Paraense, ao lado de alguns mais experientes, como Levy, Diego Maciel, Ednaldo e Alessandro.

8 comentários em “A jovem guarda do Remo

  1. Gerson, base que eu entendo é o jogador aprender todos os fundamentos, pra quando chegar ao profissional, já saber bater na bola, cruzar, com posição realmente definida, entender a diferença entre Futebol Profissional e Amador ….. . Agora vejam, segundo o Gerson, esses jogadores, na faixa de 17 a 20 anos, vão se juntar aos mais “experientes”:
    1- Levy: Não sabe até hoje cruzar uma bola, não tem posição definida …
    2- Diego Maciel: Ainda peca no principal fundamento, o Passe, pode, e já é experiente…..
    3- Edinaldo: Não tem bom Passe e ainda, não consegue fazer bons cruzamentos e saber bater na bola, bases fundamentais para um Lateral,….
    4- Alessandro: a Somatória de todos os defeitos, acima descritos.
    O que vai acontecer? O que já vem acontecendo ha muito tempo, chega um Treinador como Givanildo e, não vai custar a perceber que o que a Imprensa está falando, não é a realidade, aí ele manda vários desses garotos de volta para as categorias de “base” e, tentará fazer com aqueles que se destacaram, a partir daquele momento, dar a Base que eles nunca tiveram. Aí vem a Imprensa e diz: Porque não bota o Fulano? E o Outro que naquele amistoso fez um bonito gol? Não dão valor a prata da casa? Sinceramente amigos já estou cansado de tanta Incompetência.

    Curtir

  2. Cláudio, o problema é que os garotos são treinados por ex-jogadores que também não tiveram base nenhuma. Os clubes não investem nesses “professores”, enviando-os para estágios em clubes do sul e sudeste ou mesmo no nordeste. E menos ainda no meninos. Já escrevi isso pro Gerson. Não adianta ficar cobrando muito desses garotos. Se eu não aprendi bem, como vou ensinar bem? É o tal efeito cascata.

    Curtir

  3. Em sua maioria sao nomes de coadjuvante de novela , de tao “bonitinhos” que sao.

    Incrivel como hoje estao dando uma limpada em alguns nomes, bem mais faceis aos ouvidos.

    Dessa turma toda o “Ze’ Inacio “tem muito haver, com quem quer ser boleiro de verdade.

    Mas uma coisa me assusta na base dos “grandes” times de Belem, sao o quantos eles sao miudos!

    Curtir

  4. Quase todos os nossos jovens atletas têm esse problema, são quase nanicos. No futebol de hoje, que prioriza o choque e a força, eles praticamente já surgem fadados ao insucesso. Conseguem até desenvolver uma carreira por aqui, mas dificilmente chegam aos grandes centros. E o pior é que nossos clubes, mesmo sabedores do problema, nada fazem para enfrentá-lo.

    Curtir

  5. Sandra,
    Lembro desse comentário seu, que é muito pertinente. Os moleques não aprendem fundamentos. São mal preparados no aspecto tático, cruzam mal, cabeceiam sofrivelmente, chutam pior ainda. Isso tudo é prática e repetição, instrumentos básicos de ensino sobre o futebol. A questão, muito bem lembrada, é que os garotos têm como professores ex-atletas (às vezes, nem isso) que pouco têm a repassar a eles, pois também carregam uma herança de baixa aprendizagem.

    Curtir

  6. Sandra, já não digo nem que o Clube mandasse esses Técnicos para fazer estágio, pois, se eu vou abraçar uma profissão, é eu que tenho que investir em mim mesmo e não ficar esperando alguem fazer isso por mim. É por isso Sandra que culpo a Imprensa nessa questão, sei que o Gerson se aborrece quando falo a Imprensa, mas é uma crítica construtiva, penso eu, pois sei que só ela se profissionalisando, realmente, fará com que a dupla Remo e Paysandu voltem aos seus dias de Glória.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s