Águia pode ter 3 no ataque

Ousadia em jogos fora de casa sempre foi uma característica do Águia sob o comando de João Galvão. Líder do grupo A da Série C, o time vem treinando com Felipe Mamão no lugar de Ednaldo para a eventualidade de usar três atacantes contra o Luverdense, domingo, em Lucas do Rio Verde. O ataque titular é Marcelo Maciel e Bruno Rangel, mas, por via das dúvidas, Felipe está preparado para entrar no decorrer da partida.

8 comentários em “Águia pode ter 3 no ataque

  1. É o que falei pra você Gerson a alguns dias é indiscutível que o Águia de Marabá é, hoje, o time que mais alegra o torcedor paraense, principalmente com suas vitórias “fora de casa”. É um time que não se importa com a torcida adversária, chega pro jogo e vai logo botando banca e tem arrancado bons resultados dentro e fora de seus domínios, por essa coragem do Galvão. Penso que não seria demais compará-lo ao Famoso Boca Júniors da Argentina, guardada as devidas proporções. Penso até, já que ele está construindo seu estádio, que o mesmo poderia se chamar: “LA BOMBONERA DO NORTE”. O que vcs pensam sobre isso? acho que não tô exagerando tanto.
    Cláudio Santos – Técnico do Columbia de Val de Cans

    ——————————————————————————–

  2. Só quem está sem clube para exaltar tanto um time de políticos como é o Águia. Tudo bem que é ousado e que ganha fora de casa e tudo mais, mas está longe de cair nas graças do torcedor paraense, até porque ainda não tem tradição para tanto. Quando deixar de ser apenas um time e se tornar um clube de fato, vamos ver até onde vai essa toada.

    1. Diogo,
      Não acho que está se exaltando o Águia em demasia. São apenas dados comparativos, que deixam mal a dupla Re-Pa, principalmente quanto a vitórias fora de casa (na Série C 2008, o Águia ganhou 5 jogos em terreno adversário!!!). Há anos que nem Paissandu, nem Remo conseguem esse índice. Claro que o Águia não tem estrutura, importância, história, torcida (e cobranças), itens que diferenciam os dois grandes, mas é interessante observar como certas atitudes poderiam ser seguidas pela dupla. Basta ter um pouco mais de coragem, afinal se o Águia pode por que Remo e Paissandu não conseguem?

  3. O pior de tudo amigo é que os times de tradição a que vc se refere, não conseguem ganhar fora 2, 3 partidas num campeonato. É uma qualidade muito grande saber admitir as coisas, mesmo que seja da equipe que um dia eliminou o clube que torcemos.
    Cláudio Santos – Técnico do Columbia de Val de Cans.

    1. Não ganham, entre outros aspectos, porque já viajam falando em empatar. O Águia sai de Marabá sempre com a idéia de vitória e aí vence. Às vezes, perde, mas sempre consegue vitórias.

  4. Concordo com tudo que vc escreveu, Gerson.
    Cláudio Santos – Técnico do Columbia de Val de Cans

Deixe uma resposta