Rock na madrugada – Rory Gallagher, “Moonchild”

Montreux Jazz Festival 5 de julho de 1985. Grande show de Gallagher, tocando “Moonchild”, uma canção que valoriza seu estilo rápido e único de dedilhar a guitarra. Acompanhado por Gerry McAvoy no baixo e Brendan O’Neill na bateria, Gallagher era famoso pelas performances ao vivo. Talento pouco enaltecido no rock, gravou um punhado de álbuns brilhantes entre o final dos anos 70 e começo dos 80′, mesclando rock e blues, depois de ter integrado a banda Taste nos anos 60. William Rory Gallagher nasceu na Irlanda e morreu, em 1995, na Inglaterra, aos 47 anos.

Foi o melhor guitarrista de todos os tempos, segundo Jimi Hendrix. Até hoje é elogiado por gente do nível de David Gilmour, Brian May e Jimmy Page. O problema é que Gallagher nunca deu muita bola para as exigências de uma carreira de astro do rock. Preferia o circuito de bandas mambembes nos pubs irlandeses, sem desperdiçar nenhuma chance de tocar ao vivo. O figurino desleixado, cabeleira desgrenhada e uma velha guitarra Stratocaster fizeram com que o público tivesse dele a imagem de um sujeito normal, identificado com a classe trabalhadora. Exatamente como ele preferia ser visto.

Abaixo, a sensacional versão de “Moonchild” em estúdio: