Polícia Federal identifica por vídeo terroristas que atacaram sedes dos três poderes

Alguns dos terroristas que invadiram e depredaram as sedes do Palácio do Planalto, do Supremo Tribunal Federal e da Presidência da República no último domingo (8) foram identificados pela Polícia Federal através de vídeos que circulam nas redes sociais. Entre os criminosos estão figuras diversas, desde ex-BBB, ex-prefeito, ex-primeira-dama, vereador até um parente da família Bolsonaro, entre vários outros.

Abaixo, os primeiros identificados:

Adriano Castro, artista plástico e ex-BBB

Andrea Barth, motorista em Naviraí, no Mato Grosso do Sul

Clayton Nunes, barbeiro em Brasília, no Distrito Federal

Gilberto da Silva Ferreira, mecânico e suplente de vereador em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul

José Donizete Corrêa, conhecido como “Topera”, bolsonarista de Três Corações, em Minas Gerais

José Ruy, vereador de Inhumas (GO)

Kennedy Alves, bolsonarista radical de Alpinópolis, em Minas Gerais

Léo Índio, primo dos três filhos mais velhos do ex-presidente Jair Bolsonaro

Luciano Oliveira dos Santos, conhecido como Popó Bolsonaro, sergipano de Itabaiana

Lucimário Benedito Camargo, conhecido como Mário Furacão, empresário e presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Rio Verde, em Goiás

Luiz Gonzaga Militão, ex-secretário adjunto Antidrogas e Direitos Humanos de Divinópolis, em Minas Gerais

Marco Túlio Rios Carvalho, advogado e empreendedor de São João del Rei, em Minas Gerais

Maria Do Perpétuo Socorro Aguiar Germano, conhecida como Perpétua Aguiar, é fisioterapeuta e candidata derrotada a deputada estadual no Ceará

Marcos Alexandre Mataveli de Morais, ex-vice-prefeito de Pancas, Espírito Santo

Pâmela Bório (PSC) , ex-primeira-dama da Paraíba

Samuel Faria, bolsonarista de Socorro (SP) que fez um vídeo agradecendo aos “amigos patriotas” e diz que “muitos patrocinaram com o PIX”

Sara Sany, protetora de animais de Sete Lagoas, em Minas Gerais

Thiago Queiroz, candidato derrotado a deputado estadual e advogado de Patos de Minas, em Minas Gerais

Symon Patriota, se apresenta como um dos organizadores do acampamento bolsonarista que bloqueia uma avenida ao lado da Escola de Cadetes em Campinas (SP)

Silvério Santos, policial militar de Goiás

William Ferreira da Silva, conhecido como “Homem do Tempo”, ex-candidato a deputado estadual de Rondônia

Zuleica Portes Machado, servidora pública de Paty do Alferes, no Rio de Janeiro

Deixe uma resposta