Jornais europeus zoam a queda do Brasil: “Croácia acaba com o baile brasileiro”

Pela segunda vez consecutiva, o Brasil foi eliminado nas quartas de final da Copa do Mundo do Qatar. Nesta sexta-feira (9), a Seleção Brasileira foi derrotada pela Croácia nos pênaltis, por 4 a 2, após empate por 1 a 1 na prorrogação. Após a partida, a imprensa internacional repercutiu a queda do escrete canarinho, que foi apontado como o grande favorito ao título do Mundial deste ano. “Croácia acaba com o baile brasileiro”, manchetou o AS, em alusão à ginga e às danças dos brasileiros.

O jornal espanhol destacou que, após o pênalti que decretou a eliminação, “todo o Brasil chorou aos céus do Qatar”. “A eliminação do Brasil, grande favorito à conquista do hexa, impede que haja um superclássico na próxima rodada. Argentina ou Holanda, esse será o rival para a Croácia chegar à final”, acrescentou.

O periódico ainda analisou que a escrita negativa dos brasileiros diante de europeus no mata-mata de Mundiais segue viva. “A maldição da ‘canarinha’ continua com as seleções europeias. O Brasil não vence um rival europeu em uma partida eliminatória da Copa do Mundo há 20 anos”, complementou.

O Marca, também da Espanha, seguiu no mesmo tom. “Brasil chora e a Copa do Mundo explode: superfavoritos vão para casa”, titulou o jornal sobre a eliminação da equipe comandada por Tite. “É a bomba da Copa do Mundo, que golpe para o Brasil e que heroica a equipe de Modric. O que vivemos aqui hoje é histórico!”, emendou.

O jornal alemão Bild deu ênfase para a frustração do camisa 10 brasileiro. “O drama de Neymar”, ressaltou a publicação. “O Brasil sonha com o sexto título da Copa do Mundo há 20 anos, e vai continuar sonhando… O Brasil está chorando! Neymar dançou para fora — e depois desesperadamente no chão. Machucado antes das semifinais em 2014, não muito apto em 2018, ele agora eliminado nas quartas de final”, escreveu.

O diário francês L’Equipe enfatizou que a Croácia conseguiu “a façanha de eliminar o Brasil” nas quartas de final. “A condição de favorita que acompanhava o Brasil desde o início do torneio foi quebrada. Em uma partida mais acirrada do que o esperado, a seleção brasileira, que ainda assim acreditou ter saído da armadilha após o flash de Neymar na prorrogação, por fim caiu na disputa de pênaltis, exercício preferido dos croatas”, ponderou o jornal. (Do UOL)

Um comentário em “Jornais europeus zoam a queda do Brasil: “Croácia acaba com o baile brasileiro”

  1. Após o gol do Brasil a seleção brasileira cresceu, em soberba, seguiu achando que poderia fazer mais um gol. Agiu como se fosse imbatível e perdeu a chance de liquidar a parada. Essa é a diferença entre as equipes com foco na vitória e as que “se acham”. Levaram o gol de empate, em contra-ataque desnecessário, quando poderia estar apenas girando a bola, aliás, como a Croácia fez durante quase todo o tempo regular da partida.
    E o Tite? Se enfiou no banco e deixou a equipe só? Não entendi a atitude.

Deixe uma resposta