CBF deve confirmar ao Governo do Pará jogo das Eliminatórias de 2026 no novo Mangueirão

Belém poderá receber um dos jogos da Seleção Brasileira pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2026. A partida deverá ser realizada no novo Mangueirão, em 2023 ou 2024, durante o torneio que classifica seleções para a Copa dos EUA, Canadá e México. A informação surgiu na última segunda-feira e voltou a circular , na manhã desta quinta-feira (8), em Doha, durante evento comemorativo da Fifa em que a CBF foi homenageada pelos seus esforços na formação acadêmica de técnicos de futebol.

O presidente da Federação Paraense de Futebol, Ricardo Gluck Paul, de forma cautelosa, disse que há a possibilidade da realização do jogo em Belém, a partir de conversas com o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, o governador Helder Barbalho e a própria FPF. Por enquanto, segundo ele, não há nada de concreto ainda, como não há uma data em vista, pois vai depender da programação das Eliminatórias, cuja tabela ainda não foi definida.

O fato é que há um compromisso da CBF em programar um jogo para o estádio Jornalista Edgar Proença depois que problemas administrativos da FPF (que ficou seis meses à espera da eleição do novo presidente) impediram que a Seleção Brasileira jogasse em Belém neste ano, conforme havia sido acertado em reuniões entre a presidência da entidade e o governador Helder Barbalho.

A partida seria realizada em setembro, provavelmente o clássico Brasil x Argentina, mas a poucas semanas da data prevista a CBF informou sobre o cancelamento em função do vazio de poder na FPF. Desta vez, porém, um jogo será programado e a confirmação oficial deve ocorrer na presença do governador Helder Barbalho, que chegará nesta quinta-feira (8) a Doha.

O grande sonho do governador paraense era que o Mangueirão sediasse o clássico Brasil x Argentina (que havia sido adiado). Os problemas da FPF impediram que a ideia se concretizasse. Inteiramente reformado, o estádio recebeu obras que custaram R$ 146 milhões. Além de modernos equipamentos e melhorias, um dos pontos altos da revitalização é o aumento da capacidade, que pulou de 35 mil para 53.645 espectadores.

Deixe uma resposta