Missão Qatar: cortes de Gabriel Jesus e Telles agravam erros da convocação de Tite

Depois da derrota para Camarões na sexta-feira, 2, a Seleção Brasileira sofreu um novo abalo neste sábado (3): os cortes de Gabriel Jesus e Alex Telles. Os dois tiveram lesões detectadas nos exames de imagem feitos hoje (3) e não vão se recuperar a tempo de voltar a jogar no Mundial, que termina em 15 dias. O regulamento não permite que substitutos sejam convocados, então a seleção brasileira segue em busca do hexacampeonato com 24 jogadores à disposição de Tite.

São mais dois problemas para Tite, agravando um quadro relacionado com a defesa do Brasil na Copa. Além de ter convocado somente quatro zagueiros de área, o técnico ainda chamou Daniel Alves, um lateral de 39 anos cujas condições físicas não passam confiança para encarar uma Copa disputada em alta inensidade.

O atacante deixou o gramado ontem (2), na derrota por 1 a 0 para Camarões, reclamando de dores no joelho direito. Ele foi substituído por Pedro e comunicou o problema ao departamento médico da Seleção, que na hora fez um exame clínico e se preocupou com a situação.

Alex Telles (foto acima), por sua vez, deixou o gramado chorando. Ele tomou uma pancada em uma bola dividida pelo alto e, apesar de não ter o pé no chão, caiu na hora com dores. Ele ainda tentou voltar a jogar, mas não aguentou e foi substituído por Marquinhos. Ele pode precisar de cirurgia no joelho.

A CBF oficializou às 9h40 (de Brasília) a “impossibilidade de recuperação a tempo de participar da Copa” da dupla. “Acompanhados pelo médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, eles realizaram uma ressonância magnética no joelho direito que confirmou as lesões”, informou a entidade.

Os dois são considerados reservas, mas a situação do lateral-esquerdo preocupa a comissão técnica. Alex Sandro, o titular da posição, está com lesão muscular no quadril e tem data de retorno ao gramado incerta, enquanto Danilo, lateral-direito, se recupera bem de uma lesão de ligamentos no tornozelo esquerdo.

Assim, Tite vai precisar improvisar pela esquerda. Ontem, a opção foi por colocar o zagueiro Marquinhos jogando por ali. Se Danilo voltar a tempo de jogar na segunda-feira, contra a Coreia do Sul, ele pode ser deslocado para a função, com Militão aberto na direita. Além deles, ainda há o retorno incerto de Neymar.

O jogador vai passar por testes para saber se vai ter condições de jogar novamente já nas oitavas de final ou se precisará continuar em recuperação. Certo é que ele está longe de ficar em 100% das condições, mas pode ir para o sacrifício. Brasil e Coreia do Sul se enfrentam nas oitavas de final nesta segunda-feira (5), às 16h (de Brasília), no estádio 974.

O coordenador da Seleção Brasileira, Juninho Paulista, conversou na tarde deste sábado (03) com os jogadores Alex Telles e Gabriel Jesus e com os diretores esportivos de Sevilla e Arsenal. Gabriel Jesus retornará a Londres nos próximos dias, enquanto Alex Telles ficará em Doha até segunda-feira (5) para assistir ao jogo das oitavas de final contra a Coreia do Sul, viajando no dia seguinte para Sevilla.

Deixe uma resposta