Botafogo e Vasco se recusam a assinar acordo de transmissão do Campeonato Carioca

O Botafogo decidiu não assinar o modelo comercial proposto pela Ferj para a transmissão do Campeonato Carioca. A decisão foi tomada neste sábado, em Londres, com a presença do acionista majoritário John Textor (foto acima). Em nota oficial, o clube comunicou que não vai ” aceitar participar de um acordo em que há obscuridão nas negociações, privilégios individuais e a manutenção de um modelo histórico que tanto prejudica o futebol no país”.

O Botafogo não cita nomes no comunicado, mas tomou o mesmo caminho do Vasco, que se recusou a assinar após saber que o Flamengo receberia duas vezes mais do que os outros grandes do futebol carioca. O clube também confirmou que vai realizar pré-temporada nos Estados Unidos e deu a entender que perderá jogos do Campeonato Carioca por conta da viagem.

Abaixo, a nota divulgada pela diretoria do Botafogo:

Em reunião de diretoria com a presença do acionista majoritário John Textor, neste sábado (3), em Londres, o Botafogo decidiu não assinar o modelo comercial proposto pela FERJ para a transmissão do Campeonato Carioca de 2023 e vai oficializar a decisão à entidade nas próximas horas.

1. O futebol brasileiro vive um momento de profundas discussões sobre a constituição de uma Liga sob um novo modelo e fórmula de distribuição de receitas que incentive a chegada de investidores, corrija distorções, gere o equilíbrio esportivo e aumento da competitividade – para benefício de todo o ecossitema.

2. O Botafogo não vai aceitar participar de um acordo em que há obscuridão nas negociações, privilégios individuais e a manutenção de um modelo histórico que tanto prejudica o futebol no país. É incoerente com o que pensamos para o futuro e certamente uma decisão que contraria as melhores práticas.

3. O Botafogo lamenta a condução do processo e defende que os clubes se unam em prol de interesses coletivos, e que seja sempre esse o pilar fundamental de todas as decisões.

4. Diante disso, o Botafogo planeja o início de temporada visando administrar a utilização do elenco da maneira mais benéfica com foco na preparação para a Sul-Americana, Copa do Brasil e Brasileiro. Isso significa que o Botafogo vai disputar o Carioca e também viajar aos Estados Unidos para importantes jogos preparatórios contra times da MLS e da América do Sul.

VASCO SE POSICIONA

O Vasco da Gama adotou a mesma posição e se manifestou através de nota oficial:

“Depois de confirmar a veracidade de notícias veiculadas nos últimos dias, o Vasco da Gama informa que não assinará o contrato de transmissão do Campeonato Carioca 2023 nos termos apresentados pela Ferj e sua empresa parceira. Não aceitaremos acordos em que não haja justa e correta distribuição de valores e tomaremos todas as medidas cabíveis, nos âmbitos esportivo e jurídico, para garantir nossos direitos.

O Vasco lamenta profundamente a postura da diretoria do Clube de Regatas do Flamengo, que parece ainda não ter entendido que futebol não se joga sozinho. Não é a primeira vez que o rival recebe vantagens indevidas nos bastidores. Foi assim, por exemplo, nas inusitadas, seguidas e inexplicáveis prorrogações do acordo temporário de permissão de uso do Maracanã.

Acreditamos que o futebol brasileiro só será sustentável economicamente quando houver clareza e justiça nas negociações, pilares que garantirão a igualdade de condições esportivas e que tornarão perene o interesse do público sobre o espetáculo”.

Um comentário em “Botafogo e Vasco se recusam a assinar acordo de transmissão do Campeonato Carioca

Deixe uma resposta