Raphinha se irrita com críticas a Neymar e Casão aconselha: “Estude a história do Brasil”

O ex-jogador Walter Casagrande está no Qatar para fazer a cobertura da Copa do Mundo e por meio de seu blog na internet, fez declarações fortes após Raphinha publicar uma foto na qual critica parte do povo brasileiro e diz que o “maior erro da carreira de Neymar é nascer brasileiro, esse país não merece seu talento e seu futebol”.

“Raphinha, minha recomendação é de que você estude a história do Brasil, para não compartilhar coisas absurdas como essa. Se ele tivesse apenas falado que é um absurdo que torcedores brasileiros torcem para o Neymar quebrar a perna, teria razão. Mas dizer que o povo brasileiro não merece Neymar, é um desrespeito a um povo sofrido como nosso”, escreveu Casagrande.

“Prefiro achar que você, Raphinha, não sabe o que está compartilhando na internet. Porque se você concorda com isso, de forma consciente, sinto muito. Talvez você também não mereça ser brasileiro”, rebateu o ex-jogador.

Ao mesmo tempo, Casagrande fez questão de afirmar que vai torcer pelo título da Seleção na Copa do Mundo. Mas, disse para Raphinha se explicar melhor depois e para se concentrar apenas em jogar bola. “Mesmo você desmerecendo o povo brasileiro ao concordar com essa fala arrogante, iremos torcer pelo título. Depois você se explica melhor. Por ora, jogue bola”, completou Casagrande.

Na estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, Raphinha teve uma boa atuação, mas perdeu duas grandes chances de gol na partida contra a Sérvia. Por causa de uma lesão ligamentar no tornozelo direito, Neymar está fora dos próximos dois jogos da fase de grupos, contra Suíça, segunda-feira, e Camarões, sexta. O lateral-direito Danilo também lesionou o tornozelo (esquerdo) e será outro desfalque nesta primeira fase. (Com informações do Yahoo!)

2 comentários em “Raphinha se irrita com críticas a Neymar e Casão aconselha: “Estude a história do Brasil”

  1. Aonde jogou Casagrande apenas indiretamente causou estragos em milhares de famílias usando drogas não como deixam pessoas como essas que só surfam no sussesso dis outros

    1. Sim, é de lamentar o ocorrido com Casão, vítima de uma doença (dependência) que pode acometer qualquer pessoa. O que estamos discutindo, a partir das declarações de Raphinha, é uma outra doença nacional: a desinformação histórica e ausência de uma noção de responsabilidade social. Nesse caso, derivado de problemas que têm a ver com a educação de baixa qualidade, que forma cidadãos pela metade. É o que penso.

Deixe uma resposta