Copa Verde: Papão lamenta empate em casa, mas podia ter sido pior

Em jogo equilibrado no primeiro tempo e dominado pelo visitante no segundo, PSC e Vila Nova (GO) empataram em 0 a 0, na noite desta terça-feira (15), na Curuzu. A partida abriu a decisão da Copa Verde 2022. No próximo sábado, em Goiânia, acontece o confronto final. A primeira chance do jogo coube ao PSC, mas o goleiro Tony fez boa defesa. A melhor oportunidade do tempo inicial, porém, favoreceu o Vila. O zagueiro Naylhor salvou em cima da linha. No geral, o empate não foi o melhor resultado para os bicolores, mas nas circunstâncias acabou ficando de bom tamanho.

O PSC tomou as primeiras iniciativas, atacando com perigo aos 4 minutos, com Marlon. O equilíbrio prevaleceu durante o período, com o Vila se resguardando mais em seu campo, deixando apenas Neto Pessoa na frente. Aos 34′, Diego Tavares cruzou, Neto cabeceou e Wagner atrapalhou Thiago Coelho, a bola ia entrando e Naylhor apareceu para evitar o gol.

A segunda etapa mostrou um Vila Nova melhor e mais agressivo. Logo aos 2′, Kaio Nunes passou pelos zagueiros e chutou na saída de Thiago Coelho, que fez grande defesa. A resposta do Paysandu veio logo depois com Marlon pegando de fora da área. Aos 15′, o lateral Leandro Silva iniciou uma discussão com Wagner e ambos tomaram o cartão amarelo. Como Leandro já havia recebido o amarelo, foi expulso e sacrificou o sistema defensivo do PSC.

A partir daí, o Vila Nova aumentou a pressão em busca do gol, teve amplo domínio, mas não conseguiu criar situações de grande perigo. No final, o PSC atacou seguidamente, sem sucesso. Vila Nova e PSC voltam a se encarar no sábado (19), às 19h, no estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO). Caso haja novo empate, o título será decidido na cobrança de penalidades.

Deixe uma resposta