Papão atropela S. Raimundo e vai decidir Copa Verde com o Vila Nova

A má impressão deixada no jogo de Manaus ficou para trás. A partida deste sábado, 12, na Curuzu, mostrou um PSC em ritmo de alta intensidade, digno da conquista da vaga para decidir (pela sexta vez) o título da Copa Verde.

Sem dar espaços para o adversário, o Papão empreendeu diversos ataques e, logo os 5 minutos, Marlon cabeceou com grande perigo. O goleiro Jonathan evitou o gol.

Aos 10 minutos, nasce o primeiro gol em lance que envolveu vários jogadores do PSC. Gabriel Davis cruzou bola na área, Naylhor tocou para Marlon. O atacante avançou na área, tocando rasteiro para Genilson, sozinho na pequena área e só empurrar para o fundo da rede.

O segundo gol foi uma pintura. Robinho recebeu um lançamento perfeito de João Vieira na área, aos 30′. Ele livrou-se do goleiro com uma finta de desmontou dois zagueiros. Com ângulo livre, encaixou um chute perfeito à meia altura. Golaço na Curuzu.

Aos 36′, Magnum faz cruzamento fechado e quase surpreendeu o goleiro Thiago Coelho. 

Veio o segundo tempo e o Papão disse logo a que veio. Aos 5′, José Aldo lança na diagonal para Marlon, que domina e bate rasteiro. PSC 3 a 0, para delírio da torcida na Curuzu.

O PSC seguiu pressionando, fazendo mudanças no meio e no ataque. Entraram Dioguinho, Ricardinho e Danrlei. Aos 28′, Dioguinho recebeu passe dentro da área, girou e bateu fraco para a defesa de Jonathan.

Aos 31, foi a vez de Danrlei. Lançado na área, ele perdeu o gol e na sequência o meia Ricardinho, que finalizou no travessão.

O primeiro jogo da final da Copa Verde será na terça-feira, 15, na Curuzu, entre PSC e Vila Nova-GO (que se classificou ontem derrotando o Brasiliense por 2 a 1).

Deixe uma resposta