Piquet sugere morte de Lula e vai ser denunciado ao MP

O ex-piloto de Fórmula-1 Nelson Piquet participou das manifestações golpistas que aconteceram ao longo desta quarta-feira, em diversos pontos do Brasil. Ao aparecer em vídeo ao lado de um apoiador, ele defendeu a morte de Lula, que derrotou o seu candidato Jair Bolsonaro nas urnas. Logo após o homem dizer “Deus acima de tudo, e o Brasil acima de todos”, Piquet afirma: “E Lula lá no cemitério”, completando com um xingamento – “Lula, aquele FDP”.

Piquet foi um dos maiores doadores da campanha de Jair Bolsonaro na tentativa frustrada de reeleição. O ex-piloto doou R$ 501 mil. Ele também deu R$ 200 mil ao PP, partido da coligação do presidente. Após a veiculação do vídeo, o senador Humberto Costa (PT) informou que fará uma representação ao Ministério Público contra o ex-piloto. Segundo justificou o senador, “não podemos normalizar o ódio e a barbárie”.

Racismo com Hamilton

Piquet acumula episódios negativos ao longo deste ano. Em julho, viralizou uma entrevista em que o ex-piloto é racista com Lewis Hamilton. Ele chamou o inglês de neguinho e se justificou alegando ser uma “expressão coloquial”.

(Com informações do jornal Extra)

Deixe uma resposta