Alckmin é o mais cotado para ser o coordenador da transição

Do Blog da Ana Flor

O primeira decisão de Lula (PT) como novo presidente eleito do Brasil deve ser indicar o coordenador da equipe de transição. Ao blog, duas fontes próximas a Lula afirmaram que o anúncio pode ocorrer até a próxima quarta-feira (2) e que o nome mais cotado para a tarefa é o do vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB).

A demora do presidente Jair Bolsonaro em reconhecer a derrota — ele ainda não se manifestou — tornou ainda mais urgente ao governo eleito dar o tom de normalidade e iniciar o processo de transição.

Em discurso no domingo, após a vitória Lula afirmou que tem pressa – já que são apenas dois meses até a posse, em 1º de janeiro.

A transição é prevista em lei e em decreto presidencial de 2010. O eleito pode nomear um coordenador para a transição e cerca de outros 50 cargos para tomar pé dos números e poder fazer o planejamento do novo governo.

Apesar de Bolsonaro não ter feito o reconhecimento da derrota, aliados próximos já reconheceram a vitória de Lula, assim como os principais parceiros comerciais do Brasil no mundo.

Deixe uma resposta