Baião deu 88% de votos para Helder e 72% para Lula

Baião (PA) definiu os votos para presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual no primeiro turno das eleições 2022, realizado neste domingo (2). Os candidatos mais votados na cidade não foram necessariamente eleitos, já que esta é uma eleição de âmbito estadual e nacional. Os números abaixo se referem apenas aos votos em Baião (PA).

Lula, do PT, foi o candidato mais votado para a Presidência da República na cidade. Para o cargo de governador do PA, Helder, do MDB, recebeu mais votos. Ao fim da apuração na cidade, Lula, do PT, teve 72,53% dos votos para a Presidência (15.094 votos), enquanto Jair Bolsonaro foi a escolha de 22,36% dos eleitores (4.653 votos) do município.

Para o cargo de governador, Helder recebeu 88,36% dos votos (17.371 votos) entre os eleitores de Baião (PA). O segundo colocado nesse cenário foi Zequinha Marinho, com 11,03% (2.169 votos). Para o Senado, Beto Faro liderou as escolhas do município, com 12222 votos, vence quem obtiver a maior soma de votos no estado.

Andreia Siqueira foi a mais votada pela cidade para ocupar um cargo na Câmara dos Deputados, com 3468 votos – para se eleger, é preciso que o candidato e seu partido estejam entre os mais votados no estado para atingir o quociente eleitoral e partidário.

BAIXO TOCANTINS

Em Mocajuba, município vizinho a Baião, a proporção foi mais ou menos a mesma: Helder venceu com 89,65% dos votos contra 9,59% de Zequinha Marinho. Lula teve 71,78% contra 22,75% de Bolsonaro.

Em Cametá, Helder teve votação de 90,74% contra ínfimos 8,44% de Marinho. Lula foi vitorioso com 73,81% sobre 20,88% de Bolsonaro.

Igarapé Miri teve votação também favorável a Helder, que obteve 85,28% contra 14,00% de Marinho. Lula venceu com 61,30% contra 32,05% de Bolsonaro.

Abaetetuba registrou o seguinte quadro: Helder recebeu 88,78% dos votos contra 9,81% de Marinho. Lula teve 71,99%; Bolsonaro ficou com 22,65%.

Em Tucuruí, Helder obteve 66,25% dos votos; Zequinha Marinho, 31,82%. Lula teve 55,10% contra 38,61% para Bolsonaro.

Deixe uma resposta