Abatido, Ciro reconhece a derrota e sinaliza apoio a Lula

Em declaração na noite deste domingo (2), após confirmação de um segundo turno entre Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL) na disputa presidencial, Ciro Gomes (PDT) afirmou que está “profundamente preocupado com o que estou assistindo acontecer no Brasil” e pediu algumas horas para definir “o melhor equilíbrio para bem servir a nação brasileira”, em sinalização a um potencial apoio ao petista.

“Quero dizer a vocês que estou profundamente preocupado com o que estou assistindo acontecer no Brasil. Como vocês sabem eu vou inteirar 65 anos de vida e eu nunca vi uma situação tão complexa, tão desafiadora, tão potencialmente ameaçadora sobre nossa sorte como nação”, disse Ciro.

Em seguida, ele disse que irá consultar amigos e o partido, PDT, para definir a posição. Boa parte do PDT já havia desembarcado da candidatura de Ciro para apoiar Lula e a tendência da direção da legenda, comandada por Carlos Lupi, é declarar apoio ao petista. “Eu peço a vocês que me deem mais algumas horas para conversar com meus amigos, com meu partido, para que a gente possa achar o melhor caminho, o melhor equilíbrio para bem servir a nação brasileira”.

4 comentários em “Abatido, Ciro reconhece a derrota e sinaliza apoio a Lula

  1. ESSE SENHOR é o grande derrotado destas eleições e grande responsável por esta grande ameaça de sob o país se prolongar esse terrível pesadelo. Trabalhou para a ultradireita desde 2018, quando lavou as mãos igual a Pilatos. Agora, devido a seus discursos de ódio contra Lula, a maior parte de seus eleitores acabou migrando para Jair Bolsonaro.

    Ainda que Lula consiga ser eleito, o Congresso já está tomado pelos falsos moralistas “em nome de Deus, da família e da Pátria”. No Rio e em Minas já sem palanque e em São Paulo, ainda que se alie ao PSDB, dificilmente conseguirá emplacar Haddad.
    Se o pior acontecer, estará definitivamente tudo dominado com os três poderes plenamente alinhados.

    O fato de o parlamento ser eleito na mesma data de presidente e governador é um grande erro dessa Constituição retalhada que foi elaborada pelo próprio Congresso Nacional, numa espécie de raposa tomando conta do galinheiro. O que se viu aqui no Paraná foi uma derrama de dinheiro em favor da campanha de parlamentares de direita, alguns elegendo pai e filho. Uma vergonha!

    Ao menos, salvou-se o meu Norte e o meu Nordeste.

  2. Se o Ciro-lero vier a declarar apoio a Lula, será mais um ato oportunista dessa figura rasteira. O PT e os partidos aliados devem se dirigir aos eleitores dele diretamente e ignorá-lo, pois ele passou a ser um morto-vivo após 02 de outubro.

Deixe uma resposta