Joaquim Barbosa declara voto em Lula e afirma que ‘Bolsonaro não serve para governar o Brasil’

O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) “não é um homem sério e não serve para governar o Brasil”. A declaração foi dada por meio de um vídeo que circula nas redes sociais em que o ex-ministro ressalta o seu apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Em 2018, eu alertei os brasileiros de que Jair Bolsonaro seria uma péssima escolha para a Presidência da República. Bolsonaro não é um homem sério, não serve para governar um país como o nosso, não está à altura, não tem dignidade para ocupar um cargo dessa relevância”, disse.

“Nas grandes democracias, Bolsonaro é visto como um ser humano abjeto, desprezível, uma pessoa a ser evitada. Esse isolamento internacional é muito ruim para o nosso país. Nós perdemos muitas oportunidades com isso. É preciso votar já em Lula no primeiro turno para encerrar já essa eleição no próximo domingo”, afirmou Barbosa.

De acordo com a Folha de S.Paulo, Barbosa gravou uma série de vídeos para a equipe de Lula, com o objetivo de conseguir atrair indecisos e o voto útil de eleitores de Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (PMDB), ainda dispostos a trocar de candidato.

O ministro aposentado foi indicado ao Supremo pelo próprio ex-presidente, mas depois tornou-se um dos principais algozes do PT. Barbosa presidiu o STF e foi relator do mensalão, processo que julgou o escândalo de compra de votos que ameaçou derrubar o governo de Luiz Inácio Lula da Silva em 2005.

Deixe uma resposta