Papão desperdiça chances e cede empate no final

Pelo que se viu no primeiro tempo, a vitória do PSC parecia líquida e certa, mas no final do jogo o Brasil encontrou o caminho do gol e empatou a partida diante da torcida bicolor na Curuzu. Na prática, o PSC teve várias oportunidades para marcar. Chegou ao gol logo aos 17 minutos, num chute forte de Serginho da entrada da área. Marcelo Toscano, Marlon e o próprio Serginho perderam outras boas chances.

No segundo tempo, o Brasil trouxe Mateusinho atacando pela direita e Jonathan aparecendo bem nas ações de meia-cancha. O PSC continuava melhor, mas sem a mesma pegada agressiva da etapa inicial. Até que, aos 37 minutos, em cobrança de falta, o lateral Marcelinho empatou. O chute desviou na zaga e enganou o goleiro Tiago Coelho.

Um resultado que, apesar de manter o PSC no G8, deixou um gosto de frustração no torcedor alviceleste.

Deixe uma resposta