“Não só voto no Lula como vou fazer campanha para ele”, diz cacique tucano

O ex-senador e ex-ministro Aloysio Nunes Ferreira, um dos principais caciques do PSDB, declarou voto no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições presidenciais deste ano, e afirmou que o segundo turno da disputa entre o petista e o presidente Jair Bolsonaro (PL) “já começou”. Em entrevista ao Estadão, Aloysio Nunes rechaçou a formação de uma terceira via de oposição a Lula e a Bolsonaro, que tem como principal nome o ex-governador de São Paulo João Doria, pré-candidato de seu partido ao pleito.

“O segundo turno já começou e eu não só voto no Lula como vou fazer campanha para ele no primeiro turno. Não existe essa de terceira via, só existem duas: a da democracia e do fascismo. Se quisermos salvar o Brasil da tragédia de Bolsonaro, teremos de discutir o que vamos fazer juntos”, declarou.

Para o tucano, Doria não tem chances de emplacar sua candidatura ao Planalto e, inclusive, já foi rifado dentro do próprio partido. Diante desse cenário em que o país vivencia “uma situação catastrófica”, ele defende que seja criado um movimento em apoio à chapa formada por Lula e pelo ex-governador paulista, Geraldo Alckmin (PSB-SP).

Deixe uma resposta