Lula sinaliza que quer reverter a Reforma Trabalhista de Temer

O ex-presidente Lula elogiou nesta terça-feira (4) a decisão da Espanha de revogar uma reforma trabalhista neoliberal realizada em 2012. Essa reforma deu subsídio para a legislação estabelecida durante a gestão de Michel Temer, em 2017.

O presidente da Espanha, Pedro Sánchez, publicou uma medida provisória na última quinta-feira (30) que reverte mudanças que precarizaram as relações de trabalho no país. As contratações temporárias são o principal alvo de Sánchez.

A revogação atende a uma reivindicação de sindicatos e movimentos sociais ligados à coalizão formada entre PSOE e Podemos. Dez anos depois da reforma, o desemprego na Espanha bate 14,5%, um dos maiores índices da União Europeia.

“É importante que os brasileiros acompanhem de perto o que está acontecendo na Reforma Trabalhista da Espanha, onde o presidente Pedro Sanchez está trabalhando para recuperar direitos dos trabalhadores”, escreveu o ex-presidente Lula em seu perfil no Twitter.