Renascimento e subversão

Presépio Natalino: como e quando montar, significados e dicas para a  decoração · Jornal Midiamax

“Gosto de pensar no Natal como um ato de subversão… um menino pobre, uma mãe solteira, um pai adotivo… quem assiste seu nascimento é a ralé da sociedade, os pastores. É presenteado por gente ‘de outras religiões’ (magos, astrólogos). A família tem que fugir e assim viram refugiados políticos. Depois voltam a viver na periferia. O resto a gente celebra na Páscoa, mas com a mesma subversão… Sim! A revolução virá dos pobres! Só deles pode vir a salvação! Feliz Natal!! Feliz subversão.”

D. Helder Câmara

Neto Pessoa nega “travessia” e diz estar perto de acordo com o Remo

Atacante do Remo, Neto Pessôa (centro) fez três gols e deu duas assistências contra o Galvez — Foto: Samara Miranda/Ascom Remo

Grande destaque do Remo na campanha que levou ao título da Copa Verde, o artilheiro Neto Pessoa tornou-se objeto de interesse de outras equipes, o que tem dificultado a renovação de contrato com o Leão. Nos últimos dois dias, chegou a circular o boato de que ele estaria na mira do PSC. O próprio jogador, em contato com o DOL, negou qualquer contato com o clube rival. E explicou que não há possibilidade de atravessar a avenida Almirante Barroso.

“Não há possibilidade alguma de, no momento, eu vestir a camisa do Paysandu, por conta da história que estou construindo no Clube do Remo, pelo respeito que eu tenho pela torcida e pela diretoria do clube”, afirmou Neto em recado direto ao torcedor remista.

Ele chegou ao clube no início de setembro, vindo do Botafogo-SP. Disputou 15 jogos com a camisa do Leão, marcando 10 gols – 9 somente na Copa Verde. Ganhou prestígio junto à torcida após marcar quatro gols nos dois clássicos da semifinal do torneio. Sobre a renovação com o Remo, ele afirma que faltam somente alguns detalhes.

“Minha renovação com o Remo não se resume à questão salarial e sim a detalhes de contrato que estamos ajustando. A gente já tem base salarial definida, o que falta são ajustes de cláusulas, o que posso falar, no momento, é isso. Quando estiver tudo finalizado, eu falo mais sobre”, disse. (Foto: Samara Miranda/Ascom Remo)