Um comentário em “Enquanto isso…

  1. Prezado Gerson
    Bom dia.
    Muito bom. É isso mesmo: “Sem limite, sem noção e sem parâmetros!”. E a gente pagando tudo. Será que não vai rolar alguma ação/processo sobre essa empulhação?
    Abraços,
    Heraldo

Deixe uma resposta