Intensidade premiada

POR GERSON NOGUEIRA

Dioguinho e Gorne balançaram as redes nesta segunda-feira

O Remo teve a estreia mais tranquila no Campeonato Estadual. Em noite de iluminação nova no Baenão, o time não teve dificuldades para superar o Gavião Kyikatejê por 4 a 1, com direito a dois gols do centroavante Renan Gorne, que fazia sua primeira apresentação com a camisa azulina. A luz especial parece ter inspirado o Leão, que se lançou com disposição e afinco a alcançar a vitória.

Na prática, o jogo valeu pela movimentação dos primeiros 45 minutos, quando o Remo completo envolveu o visitante com toques rápidos e transição a cargo de Uchoa e Jefferson, ambos estreantes. Depois de alguns pequenos problemas de articulação, o jogo fluiu e os gols começaram a surgir naturalmente.

Com intensidade na busca pelo ataque, confundindo a marcação e forçando erros na defensiva do Gavião, Wallace fez o primeiro, aos 30 minutos. Dois minutos depois, enfiou um passe açucarado para Renan Gorne marcar o segundo. Aos 35’, Gorne cabeceou, o goleiro Urias espalmou e Dioguinho chegou batendo para as redes.

Destaque para a constante presença dos laterais Marlon e Wellington Silva no campo de ataque, contribuindo imensamente para o volume e o predomínio do Remo sobre a área adversária.

A escalação inicial trouxe a defesa completa, com jogadores que vinham atuando na Copa Verde. No meio-de-campo, Paulo Bonamigo começou a testar possibilidades. Escalou Uchoa, Jefferson, Lailson e Dioguinho, sendo que os dois estreantes tiveram atuações distintas.

Uchoa foi mais discreto, fazendo passes de segurança e arriscando pouco. Jefferson saiu mais para o jogo, com participação frequente em manobras ofensivas contribuindo algumas vezes e atrapalhando noutras, mas sem se omitir.

Wallace e Renan Gorne mostraram boa conexão, embora no início tenham atuado um pouco distanciados. Aos poucos, o entrosamento foi evoluindo e dessa parceria surgiram os momentos mais inspirados da estreia remista.

Em virtude do dinamismo na troca de passes, os avanços do Leão dificultavam a saída de bola do Gavião, que em raros momentos conseguiu passar do meio-campo. O Remo ainda perdeu mais duas chances com Jefferson e Wallace antes do final da primeira etapa.

Depois do intervalo, o Gavião adotou uma postura mais adiantada, tentando escapar do cerco azulino. Deu certo. Logo a um minuto, Tiago Bala foi lançado esplendidamente no meio da zaga e bateu cruzado para o gol diante da saída de Vinícius.

O gol parece ter alertado o Remo, que vem acumulando gols sofridos no reinício das partidas desde a semifinal da Copa Verde. Para se reencontrar em campo, o meio-campo precisou voltar a trabalhar em velocidade. E, aos 9 minutos, Dioguinho foi à linha de fundo, cruzou a pequena área e Gorne apareceu no segundo pau para fechar a goleada.

Até aí, o jogo foi interessante e cheio de lances agudos nas duas áreas. Tiago Bala chegou a acertar um belo disparo no travessão de Vinícius e o Gavião mostrou que estava disposto a evitar um placar mais elástico.

Uma outra providência foi a troca do goleiro Urias, que falhou no segundo e no quarto gols remistas, pelo reserva Gelson. Aparentemente, a substituição foi por razão técnica. O fato é que Gelson acabaria evitando nos pés de Renan Gorne o quinto gol, aos 15’.

Dioguinho quase conseguiu acertar um tiro de fora da área, fazendo a bola explodir no poste esquerdo de Gelson. No final, Ronald, que havia entrado no lugar de Laílson, bateu por cobertura e a bola passou rente ao travessão.

As mudanças feitas na equipe para rodar jogadores acabaram descaracterizando o formato de jogo do Remo após os 20 minutos da etapa final. O lateral Tiago Ennes entrou no lugar de Wellington e a intensidade das laterais sofreu um impacto com isso. Pepê e Warley entraram e não contribuíram para que a equipe mantivesse o pique inicial. (Foto: Samara Miranda/Ascom Remo)

Os destaques e as decepções da primeira rodada

Na comparação geral dos 12 times nesta primeira rodada do campeonato, o destaque óbvio foi a produção ofensiva do Remo, que poderia ter sido até maior, caso o time fosse mais objetivo nas finalizações e não tivesse sido drasticamente modificado no 2º tempo.

A qualidade na troca de passes na primeira parte do jogo evidencia um entrosamento maior, cultivado nos jogos da Copa Verde, capaz até de evitar a estreia de três jogadores comprometesse o conjunto.

O Águia de Marabá foi outro destaque da rodada com um ataque que se mostrou forte o suficiente para marcar três gols na Tuna em 45 minutos. É verdade que fraquejou na segunda etapa, permitindo um princípio de reação, mas teve maturidade para concretizar a vitória.

João Galvão, mesmo sem grandes recursos, recoloca o Águia no grupo dos times que devem brigar pelas primeiras posições da classificação. Foi apenas o primeiro jogo, mas a segurança e o sentido competitivo trazem a marca característica do representante marabaense.

O Castanhal, que empatou com o PSC na Curuzu, teve uma atuação satisfatória, ficando muito perto de obter a vitória. Errou nas definições, mas reeditou o sistema de saída rápida e pressão constante em busca do gol que já havia sido executado no Parazão 2020.

Por ora, dois times ficaram devendo, por razões diferentes. O PSC não atuou bem, mas as razões estão bem claras. A equipe ainda se reconstrói e o tempo de preparação foi insuficiente para que as novas peças se afinem com os remanescentes da Série C. Mostrou, porém, dois bons novatos: Victor Souza no gol e Ari Moura no ataque.

A Tuna decepcionou menos pelo resultado, normal em confronto fora de casa, mas pela facilidade com que aceitou a pressão do Águia. O apagão defensivo visto no primeiro tempo foi parcialmente atenuado depois, mas deixou no ar uma preocupação com a caminhada da equipe na competição.

(Coluna publicada na edição do Bola desta terça-feira, 02)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s