Ídolo remista, Vinícius agradece a votação e promete retribuir apoio do Fenômeno Azul

Vinicius atinge 100 jogos pelo Leão. Relembre grandes atuações | Rádio  Clube do Pará

A Câmara de Vereadores de Belém sofreu uma renovação de 50% nesta eleição. Uma das novidades é o goleiro e ídolo do Clube do Remo, Vinícius, que se elegeu pelo partido Republicanos, recebendo 7.079 votos – foi o único candidato do segmento esportivo que conseguiu se eleger. Aos 36 anos, ele está no Evandro Almeida desde 2017, conquistando a torcida com o estilo sóbrio e seguro. Tornou-se ídolo também pelo perfil de grande profissional.

Neste período, ele disputou 118 jogos e se tornou titular absoluto da equipe. É Vinícius e mais 10, costumam dizer os torcedores. A idolatria surgiu pela quantidade de vezes que o goleiro salvou o Leão de situações difíceis, garantindo vitórias e conquistas.

Através de seu perfil no Instagram, o goleiro agradeceu aos torcedores pela votação expressiva que fez dele o 11º vereador mais votado nesta eleição e prometeu trabalhar “exaustivamente” para retribuir o apoio.

Goleiro Vinícius no futebol goiano? Presidente do Remo explica!

“A toda população de Belém, em especial ao Fenômeno Azul: muito obrigado!!! Foram 7.079 votos de confiança, para que eu possa trabalhar por essa cidade que acolheu a mim e a minha família de maneira tão calorosa. Tenham certeza que me dedicarei exaustivamente para recompensar com muito trabalho todo esse apoio. Obrigado!!!”, escreveu Vinícius.  

Um dos receios da torcida é com relação à carreira do goleiro no clube, já que ele tem contrato até 2022 e terá que se dividir com as obrigações do mandato. Nas redes sociais, um torcedor disse estar “feliz e preocupado” com esta possibilidade. Vinícius, no entanto, respondeu garantindo que vai conciliar os dois trabalhos. 

“Será possível conciliar o trabalho na Câmara dos Vereadores com a função de atleta profissional de futebol, dentro da legalidade e com embasamento jurídico”, respondeu o goleiro.

O ídolo remista fez uma campanha modesta, com poucas aparições na TV e no rádio, contando mais com o apoio dos torcedores nas redes sociais. Ele é natural de Goiânia (GO) e já defendeu o Vila Nova-GO, Criciúma-SC, Boavista-RJ, Duque de Caxias-RJ, Flamengo-RJ e Novo Hamburgo-RS.

Outros candidatos, denominados “candidatos do esporte”, que disputaram a eleição e não obtiveram sucesso, com as respectivas colocações:

Vandick Lima (45°)
Zé Augusto (69°)
Agnaldo (99°)
Dr. Silvério (117°)
Paulo Caxiado (120°)
Jorge Anderson (237°)
Dewson Freitas (275°)
Marquinho Belém (452°)

Base do governo Helder sai mais forte das eleições municipais

As análises de comentaristas políticos, feitas ainda na noite de domingo sobre o desempenho do governador Helder Barbalho (MDB) nestas eleições municipais no Pará, pecaram pelo açodamento. Longe de poder ser considerado derrotado, Helder emerge das urnas ainda mais fortalecido, com 61 prefeituras conquistadas pelo MDB, com 110 no total, se incluídos os partidos da base de apoio ao governo do Estado.

Lista de prefeitos da base do governador

61 MDB
18 PSD
15 PL
5 PSC
5 PTB
4 Podemos
2 Avante

Papão encara Cavalo de Aço mirando no G4

Imagem

O Paissandu tem hoje à noite a possibilidade de voltar ao G4 do grupo A da Série C. Enfrenta o lanterna Imperatriz, no estádio Frei Epifânio da Abadia, em Imperatriz (MA) buscando a vitória para atingir 22 pontos na competição.

Com algumas baixas no time, o técnico João Brigatti (foto) terá um reforço para o ataque. É o meia-atacante Marlon. recém-contratado, que surge como alternativa para o lugar de Vinícius Leite, que deixou o clube após o término do contrato.

Marlon é opção para o decorrer da partida. Vítor Feijão deve entrar jogando, ao lado de Uilliam Barros e Nicolas. Sem os suspensos Micael, Perema e Bruno Collaço, Brigatti vai escalar uma nova dupla de zaga: Wesley Matos e o estreante Carlão. Na lateral esquerda, Diego Matos entra na vaga de Collaço.

No Imperatriz, o objetivo é concluir a participação na Série C de maneira honrosa. Já rebaixado, o time treinado por Charles o lado maranhense, o pensamento é terminar o campeonato de forma digna. Com apenas um ponto e já rebaixado, o Imperatriz vai para o jogo com o número mínimo de jogadores: apenas 13. Hoje, o plantel do Cavalo de Aço conta com apenas 17 atletas, mas dois estão suspensos e outro está lesionado. 

Imperatriz: Rodrigo Calchi; Tomais, Ramon, Douglas Mendes e Lorran; Adriano, Nonato, Judson, Gustavo Cebolinha e Edu Amparo; Reginaldo Júnior. Tec.: Charles Guerreiro

PSC: Paulo Ricardo; Tony, Wesley Matos, Carlão e Diego Matos; Uchôa, PH e Juninho; Victor Feijão, Nicolas e Uilliam Barros. Tec.: João Brigatti.

(Foto: Jorge Luís Totti/Ascom PSC)

Segundo turno: 17 capitais voltam às urnas no dia 29

Candidatos Covas e Boulos disputam segundo turno em São Paulo - Crédito: Reprodução/ Redes sociais

Eleitores de 57 cidades brasileiras irão às urnas novamente, no próximo dia 29, para decidir seus prefeitos em 2º turno. O número representa 60% do total de 95 municípios onde havia a possibilidade de uma segunda rodada de votação neste ano. Conforme a legislação eleitoral, podem ter segundo turno as cidades com mais de 200 mil eleitores.

Em duas das cidades (Duque de Caxias e Volta Redonda, ambas no Rio de Janeiro), a eleição depende de uma decisão da Justiça, já que os candidatos mais votados estão “sub judice” (ou seja, tiveram as candidaturas indeferidas, mas ainda recorrem). Mesmo tendo recebido mais de 50% dos votos válidos, eles aguardam para serem decretados vitoriosos.

Das 57 cidades onde haverá segundo turno, 17 são capitais. As eleições em Macapá, uma das cidades onde pode haver segundo turno, foram suspensas por causa do apagão no Amapá.

Edmilson Rodrigues e Everaldo Eguchi disputam o segundo turno em Belém - Crédito: Roma News.

Cidades que terão segundo turno:

  1. Anápolis (GO): Roberto Naves (PP) e Antonio Gomide (PT) vão disputar o 2º turno.
  2. Aracaju (SE): O atual prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) e Danielle Garcia (Cidadania) vão disputar o 2º turno.
  3. Bauru (SP): Suéllen Rosim (Patriota) e Dr Raul (DEM) disputam o 2º turno das eleições.
  4. Belém (PA): Edmilson Rodrigues (PSOL) e Delegado Eguchi (Patriota) vão disputar o 2º turno.
  5. Blumenau (SC): Mário Hildebrandt (PODE) e João Paulo Kleinübing (DEM) disputam o 2º turno.
  6. Boa Vista (RR): Arthur Henrique (MDB) e Ottaci (Solidariedade) vão disputar o 2º turno.
  7. Campinas (SP): Dário Saadi, do Republicanos, e Rafa Zimbaldi, do PL, vão disputar o 2º turno.
  8. Campos dos Goytacazes (RJ): Wladimir Garotinho, do PSD (sub judice), e Caio Vianna, do PDT, devem disputar o 2º turno.
  9. Canoas (RS): Jairo Jorge, do PSD, e Luiz Carlos Busato, do PTB, vão disputar o 2º turno.
  10. Cariacica (ES): Euclério Sampaio (DEM) e Célia Tavares (PT) vão disputar o 2º turno.
  11. Caucaia (CE): Naumi Amorim (PSD) e Vitor Valim (Pros) vão disputar o 2º turno.
  12. Caxias do Sul (RS): Pepe Vargas, do PT, e Adiló, do PSDB, vão disputar o 2º turno.
  13. Contagem (MG): Marília (PT) e Felipe Saliba (DEM) vão disputar o 2º turno.
  14. Cuiabá (MT): o atual prefeito, Emanuel Pinheiro (MDB), vai disputar o 2º turno com Abílio Júnior (Podemos).
  15. Diadema (SP): Filippi (PT) e Taka Yamauchi (PSD) vão disputar o 2º turno.
  16. Feira de Santana (BA): Zé Neto (PT) e Colbert Martins (MDB) vão disputar o 2º turno.
  17. Fortaleza (CE): Sarto Nogueira (PDT) e Capitão Wagner (Pros) vão disputar o 2º turno.
  18. Franca (SP): Flávia Lancha, do PSD, e Alexandre Ferreira, do MDB, vão disputar o 2º turno.
  19. Goiânia (GO): Maguito Vilela (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD) vão disputar o 2° turno.
  20. Governador Valadares (MG): André Merlo (PSDB) e Dr Luciano (PSC) vão disputar o 2º turno.
  21. Guarulhos (SP): Guti, do PSD, e Elói Pietá, do PT, vão disputar o 2º turno.
  22. João Pessoa (PB): Cícero Lucena (Progressistas) e Nilvan Ferreira (MDB) vão disputar o 2° turno.
  23. Joinville (SC): Darci de Matos (PSD) e Adriano Silva (NOVO) vão disputar o 2º turno.
  24. Juiz de Fora (MG) Margarida Salomão, do PT, e Wilson Rezato, do PSB, vão disputar o 2° turno.
  25. Limeira (SP): Mario Botion (PSD) e Murilo Félix (Podemos) vão disputar o 2º turno.
  26. Maceió (AL): haverá 2º turno, que ainda está indefinido.
  27. Manaus (AM): Amazonino Mendes (Podemos) vai disputar o 2º turno com David Almeida (Avante).
  28. Mauá (SP): Átila Jacomussi (PSB) e Marcelo Oliveira (PT) vão disputar o 2º turno.
  29. Mogi das Cruzes (SP): Marcus Melo (PSDB) e Caio Cunha (PODE) vão para o 2º turno.
  30. Paulista (PE): Yves Ribeiro (MDB) e Francisco Padilha (PSB) vão disputar o 2º turno.
  31. Pelotas (RS): Paula Mascarenhas, do PSDB, e Ivan Duarte, do PT, vão disputar o 2º turno.
  32. Petrópolis (RJ): Rubens Bomtempo (PSB) e Bernardo Rossi (PL) vão disputar o 2º turno.
  33. Piracicaba (SP): Barjas Negri, do PSDB, e Luciano Almeida, do DEM, vão disputar o 2º turno.
  34. Ponta Grossa (PR): Mabel Canto, do PSC, e Professora Elizabeth, do PSD, vão disputar o 2º turno.
  35. Porto Alegre (RS): Sebastião Melo (MDB) e Manuela d’Ávila (PCdoB) vão disputar o 2° turno. O atual prefeito, Nelson Marchezan Júnior, ficou em terceiro lugar na votação e não terá um segundo mandato.
  36. Porto Velho (RO): o atual prefeito, Hildon Chaves (PSDB), vai disputar o 2º turno com Cristiane Lopes (PP).
  37. Praia Grande (SP): Raquel Chini (PSDB) e Danilo Morgado (PSL) disputam o 2º turno.
  38. Recife (PE): João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) vão disputar o 2° turno.
  39. Ribeirão Preto (SP): Duarte Nogueira, do PSDB, e Suely Vilela, do PSB, vão disputar o 2º turno.
  40. Rio Branco (AC): Socorro Neri (PSB), atual prefeita, vai disputar o 2º turno com Tião Bocalom (PP).
  41. Rio de Janeiro (RJ): o atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), vai disputar o 2º turno com Eduardo Paes (DEM).
  42. Santa Maria (RS): Sergio Cecchim, do PP, e Pozzobom, do PSDB, vão disputar o 2º turno.
  43. Santarém (PA): o atual prefeito, Nélio Aguiar (DEM), vai disputar o 2º turno com a ex-prefeita Maria do Carmo (PT).
  44. São Gonçalo (RJ): Dimas Gadelha, do PT, e Capitão Nelson, do Avante, vão disputar o 2º turno.
  45. São João de Meriti (RJ): Dr João, do DEM, e Leo Vieira, do PSC, vão disputar o 2º turno.
  46. São Luís (MA): Eduardo Braide (Podemos) e Duarte Júnior (Republicanos) vão disputar o 2º turno.
  47. São Paulo (SP): o atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), vai disputar o 2º turno com Guilherme Boulos (PSOL).
  48. São Vicente (SP): Solange Freitas (PSDB) e Kayo Amado (PODE) disputam o 2º turno.
  49. Serra (ES): Sergio Vidigal (PDT) e Fabio Duarte (Rede) vão disputar o 2º turno.
  50. Sorocaba (SP): Rodrigo Manga (Republicanos) e Jaqueline Coutinho (PSL) disputam 2º turno.
  51. Taboão da Serra (SP): Engenheiro Daniel (PSDB) e Aprigio (PODE) vão disputar o 2º turno.
  52. Taubaté (SP): Saud, do MDB, e Loreny, do Cidadania, vão disputar o 2° turno.
  53. Teresina (PI): Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB) vão disputar o 2º turno.
  54. Uberaba (MG): Elisa Araújo, do Solidariedade, e Tony Carlos, do PTB, vão disputar o 2º turno.
  55. Vila Velha (ES): Arnadinho Borgo (Podemos) e Max Filho (PSDB) vão disputar o 2º turno.
  56. Vitória (ES): Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT) vão disputar o 2º turno.
  57. Vitória da Conquista (BA): Zé Raimundo (PT) e Herzem Gusmão (MDB) vão disputar o 2º turno.

MDB elege mais prefeitos, mas partidos do Centrão mostram crescimento

Imagem

Com a apuração de mais de 94% dos votos registrados nas 5.567 cidades brasileiras que tiveram eleições nesse domingo (15.nov.2020), o MDB se mantém até aqui como o partido com maior número de prefeitos. São 766 eleitos até o momento, com mais 7 a caminho da disputa em 2º turno.

As legendas que deram o maior salto em número de filiados nas prefeituras são DEM, PP e PSD.

O Democratas –que reelegeu Rafael Greca em Curitiba, Gean Loureiro em Florianópolis e também Bruno Reis para suceder ACM Neto em Salvador– chegou a 458 prefeituras. São 190 a mais que o total de eleitos pelo partido nas eleições municipais anteriores. O crescimento de 2016 a 2020 foi de 70,9%.

PP e PSD integram em Brasília o chamado Centrão, grupo de partidos sem ideologia clara com alto poder de influência no Congresso. O PP conquistou no 1º turno 672 prefeituras (salto de 35,8% frente ao total de 2016). Já o PSD chegou a 640 prefeitos, número que supera em 101 a quantia alcançada pela legenda há 4 anos.

Sete vezes Hamilton

Imagem

A Fórmula 1 tem um novo heptacampeão mundial: com mais uma atuação genial, Lewis Hamilton venceu neste domingo o Grande Prêmio da Turquia e igualou o alemão Michael Schumacher como o maior campeão de todos os tempos. De quebra, chegou à 94ª vitória, ampliando o próprio recorde. O inglês da Mercedes superou um começo difícil com a pista mais molhada pela chuva, andou parte da prova no quinto e sexto lugares e surgiu com força total quando o asfalto começou a secar.

Viu os adversários trocarem os pneus intermediários, manteve-se na pista, passou o líder Sergio Pérez, da Racing Point, e disparou para a décima vitória em 14 corridas na temporada, 31 segundos à frente do mexicano. Este chegou a ser ultrapassado por Charles Leclerc na última volta, mas o monegasco da Ferrari errou e ainda caiu para quarto, atrás do companheiro Sebastian Vettel, que subiu ao pódio pela primeira vez em 2020. Depois da corrida, Hamilton mandou pelo rádio uma mensagem para as crianças acreditarem nos seus sonhos.

Hamilton precisava somar apenas oito pontos a mais do que o companheiro Valtteri Bottas, único que ainda tinha chances de lhe tirar o hepta, mas ele não só venceu, como viu o finlandês ter uma atuação apática e cruzar a linha de chegada apenas em 14º, após rodar por seis vezes.

Agora, Hamilton soma 307 contra 197 de Bottas, que ainda pode perder o vice para Max Verstappen, sexto na prova de Istambul após uma rodada espetacular quando era o terceiro – o holandês soma 170 pontos.

Hamilton chora após conquistar o heptacampeonato mundial — Foto: Getty Images

O mundo dos esportes teve um belo motivo para comemorar neste domingo. Aliás, um não, sete belos motivos. Atletas das mais diversas modalidades celebraram o heptacampeonato histórico do piloto de Fórmula 1 britânico Lewis Hamilton, conquistado pela manhã no circuito de Istambul, na Turquia, quando igualou a marca do alemão Michael Schumacher. E o parabenizaram pelas redes sociais.

Do jogador de futebol brasileiro Neymar ao tenista sérvio Novak Djokovic, dos surfistas Gabriel Medina e Ítalo Ferreira ao atacante Gabigol, passando pelos ex-pilotos da Fórmula 1 brasileiros Emerson Fittipaldi, Rubens Barrichello e Felipe Massa, todos se renderam à velocidade de Hamilton. (Com informações do G1, GE e ESPN)

Edmilson e Eguchi disputam 2º turno da eleição em Belém

Belém do Pará

Os candidatos Edmilson Rodrigues (PSOL) e Delegado Federal Eguchi (Patriota) vão disputar o segundo turno da eleição para a prefeitura de Belém do Pará, marcado para o próximo dia 29. Edmilson Rodrigues tem 34,24% dos votos e Delegado Eguchi tem 23,05%. O deputado José Priante (MDB) teve 17,03% e Thiago Araújo (Cidadania), 8,09%.

Belém tem população estimada pelo IBGE em 1.499.641 pessoas. Segundo o TSE, há um total de 1.009.731 eleitores.