Bizarrice patrocinada pelo Véio da Havan

Desta vez não é o Círio de Nazaré que move os paraenses. É a inauguração de uma nova loja, a ganância, a ambição. Não é ilógico imaginar que o dono da Havan, aquele mesmo que vive apregoando adoração pelo presidente da República, tenha oferecido dinheiro para as pessoas irem à inauguração bizarra hoje em Belém. A Igreja Católica quis preservar a saúde das pessoas, cancelando a procissão presencial, mas o sujeito apareceu para disseminar aglomeração e tumultos.

Resta a fé e a esperança, a gratidão a Deus e à Nossa Senhora de Nazaré.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s