TJD rejeita pedido do PSC para cancelar documento da FPF

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) julgou improcedente o pedido do Paysandu para cancelar o documento emitido pela Federação Paraense de Futebol (FPF), sobre a mudança da data de inscrição de atletas. Segundo o presidente da entidade, Fábio Guedes Salgado, em documento assinado pelo próprio dirigente, o Papão protocolou o ofício “em data posterior ao prazo de 20 dias”, que é dado para estes casos.

Para a diretoria do PSC, as inscrições do atacante Tcharlles e do lateral-esquerdo Marlon foram feitas fora do prazo. Caso o TJD aceitasse o pedido, os dois jogadores do Remo estariam irregulares e não poderiam atuar na final do Parazão, inclusive no jogo desta noite (2), às 20h, no Mangueirão.

Após a confirmação da final contra o Remo, os bicolores denunciaram que os jogadores Tcharlles e Marlon teriam sido inscritos no Parazão fora do prazo, já que a rodada foi antecipada para o dia quatro e que os atletas deveriam estar no BID na segunda-feira (3), um dia útil antes da rodada final. Já o Remo se baseia em um documento oficial da FPF, que mantém as inscrições da competição para o dia 4.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s