Negro paraense ataca deputada Benedita da Silva com postagem racista

“Especialista em gestão de pessoas” ataca Benedita da Silva com postagem racista

Por Ivan Longo, na Revista Fórum

“Administrador especialista em gestão com pessoas”, como ele mesmo se define nas redes sociais, Julio Marcos Saraiva, morador de Belém (PA), usou sua conta do Facebook, nesta terça-feira (25), para atacar a deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) com ofensas racistas.

“Mulher feia,insípida,inodora,incolor, preta ridícula,beiçuda,nariz de tomada,essa vagabunda, criou uma lei, que da para quem e quilombola,(preguiçosos e lerdos) e preto em geral, cota de 20 % nos partidos na próxima eleição, vai inviabilizar os partidos, só podia ser coisa dessa negra idiota, líder da esquerda evangélica”, disparou Saraiva.

O administrador, de acordo com postagens de seu próprio Facebook, parece já ter sido próximo da esquerda e passou, nos últimos anos, por uma “virada” ideológica. Entre 2011 e 2012, participou do “Movimento Nova Politica” que, de acordo com matéria compartilhada por ele, era “inspirado” na ex-senadora Marina Silva. Em 2017, o administrador chegou a ser agraciado com um título de Honra ao Mérito, da Assembleia Legislativa do Pará, outorgado pelo deputado estadual Orlando Bordalo (PT).

“’PICO-da-NEBLINA’, que separa-nos no campo ideológico, mas ele teve a grandeza de passar por cima disso tudo, e concedeu-me o titulo de Honra ao Mérito, pelo transcurso dos 50 anos do curso de ADMINISTRAÇÃO. Em nossa Unidade Federativa. Deputado Estadual Orlando Bordalo,(PT), Administrador Julio Marcos Saraiva”, publicou o homem em seu Facebook.

Imagem

Dezenas de internautas se mobilizam para denunciar a publicação em que ele ataca a deputada Benedita da Silva com ofensas racistas e fazer com que a postagem chegue até a parlamentar. (Este post foi modificado pela última vez em 26/08/2020 09:01)

NOTA DE REPÚDIO

Em nota oficial, o deputado estadual Carlos Bordalo (PT) repudiou as declarações “racistas, misóginas e preconceituosas do senhor Júlio Marcos de Deus Saraiva contra a Deputada Federal Benedita da Silva publicadas em conta pessoal dele em uma rede social”.

Bordalo observa que, em 2017, Saraiva recebeu título de “Honra ao Mérito” em sessão solene na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), “contudo tais declarações não correspondem com a honraria concedida”. O deputado petista solicitará abertura de um processo junto à Alepa para revogar o Decreto Legislativo N° 47/2016, que concedeu o título a Saraiva.

“A deputada Benedita da Silva foi a primeira senadora negra do Brasil, é uma referência na luta aos direitos de homens e mulheres negras, uma ativista pela igualdade racial. As declarações do Sr. Saraiva expressam, lamentavelmente, o racismo impregnado que o nosso país vive”, diz a nota.

O deputado Bordalo presta “solidariedade à parlamentar que, junto à sociedade, encampou a luta para que os partidos recebam recursos do Fundo Partidário e do Fundo Eleitoral destinado às campanhas de candidatos negros e candidatas negras, provado nesta terça-feira (25) pelo Tribunal Superior Eleitoral. Esta conquista representa mais um avanço no combate ao racismo e tem o total apoio do deputado Bordalo”.

Além de Bordalo e de Benedita, o deputado federal Edmilson Rodrigues (PSOL-PA) e o vereador Amaury (PT) também repudiaram as ofensas e crime de racismo cometidos a por Saraiva. Amaury entrou com um requerimento de repúdio na Câmara Municipal de Belém e disse que Saraiva é conhecido por “andar nos corredores da CMB pedindo DAS (cargo nos gabinetes)”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s