Arrasador, Liverpool é campeão inglês após 30 anos

Mídia de cabeçalho

Liverpool é campeão da Premier League de forma inédita e encerra um jejum de 30 anos no Campeonato Inglês. A equipe garantiu matematicamente o título com sete rodadas de antecedência, depois que o Manchester City perdeu para o Chelsea por 2 a 1 nesta quinta-feira em Stamford Bridge.

Ao todo, os Reds desembolsaram 565,88‬ milhões de euros (R$ 3,4 bilhões na cotação atual) para contar com os jogadores que têm no elenco e que disputaram ao menos um minuto nas 31 partidas até aqui dos Reds na competição.

O valor diz respeito à contratação de 17 atletas – além disso, não há a quantia desembolsada pelo jovem Harvey Eliott. Seis atletas não tiveram custos, sendo que três chegaram de graça e outros três foram revelados no clube, com destaque para Trent-Alexander Arnold.

Apesar de ser o 2º clube com mais títulos ingleses na história, atrás apenas do Manchester United, os Reds jamais haviam conquistado a Premier League, a taça que faltava na sua vasta galeria. O título se confirmou nesta quinta-feira, com sete rodadas de antecedência, após vitória de 2 a 1 do Chelsea sobre o vice-líder Manchester City.

Os Reds conquistaram o título inglês pela 19ª vez, agora apenas um a menos que o United. E o jejum já durava exatos 30 anos. O último foi na temporada 1989/90. A era Premier League se iniciou em 92. Por isso, a conquista inédita. Aliás, a melhor campanha de um time em toda a história da competição e também de todas as principais ligas europeias, até aqui com 28 vitórias, dois empates e só uma derrota.

Uma das peças fundamentais nessa engrenagem é Roberto Firmino, que no ano passado também conquistou pelo clube a Champions League, a Supercopa da Uefa e o Mundial de Clubes, quando marcou o gol do título.

Contratado pelo Liverpool em 2015, ele já fez 77 gols em 237 partidas pelos Reds, com 142 vitórias, 55 empates e 40 derrotas. Após o jogo, o brasileiro se disse “realizado” e afirmou que a conquista “coroa uma geração” no clube.

“Estou feliz demais, realizado mesmo. Deus é muito bom o tempo todo. Lutamos por esse título há muito tempo, que escapou por um ponto na última temporada. Agora ele veio de forma brilhante e merecida, para coroar essa geração do Liverpool, comandada por um treinador fantástico. A gente esperava por esse dia e ele chegou. Pena que com os portões fechados, sem a festa que nossos torcedores merecem”, afirmou. (Com informações da ESPN)

Reunião com o governador pode definir data de reinício do Parazão

CAMPEONATO PARAENSE 2020 → Tabela, Ao Vivo (PARAZÃO 2020)

Na tarde desta quinta-feira, 25, o Ministério Público do Estado recebeu os presidentes Fábio Bentes, do Remo, e Ricardo Gluck Paul, do Paysandu, e diretores da Federação Paraense de Futebol (FPF). Durante a reunião, os protocolos que serão usados pelos clubes foi apresentado ao órgão, algo que ainda não havia sido feito. Ao final do encontro, o presidente do PSC informou, dizendo-se surpreso, que, segundo o diretor de segurança da FPF, coronel Cláudio Santos, o Parazão 2020 terá continuidade ainda este ano. 

“Não há a menor possibilidade de não haver (a sequência) Campeonato Paraense. O Coronel Cláudio (diretor de segurança da FPF) garantiu a realização do Parazão porque os clubes assinaram um contrato e são obrigados a jogar. Palavras do doutor Cláudio, hoje. É uma declaração surpreendente porque demonstra uma dissonância com o que vem sendo discutido com os clubes, que tem colocado uma série de preocupações com relação a questão estrutural, financeira, regulamento”, disse o presidente.

Revelou, também, que nesta sexta-feira (26) quando clubes e FPF reunirão com o governador Helder Barbalho será anunciada a data de retorno dos jogos. Segundo Ricardo, a FPF já tem data definida e só aguarda a aprovação do governo ao protocolo de segurança para confirmar a data.

“Ele (Coronel Cláudio) deu uma segunda informação privilegiada que é a que amanhã, tão logo o governador aprove o protocolo da Federação, ela informará a data do campeonato. Não só está garantido o campeonato, como amanhã informará a data. Há a possibilidade, não sei se é verdade, de que os jogos voltem no dia 12 de agosto”, finalizou.

Ao apoiar Bolsonaro, o médium Divaldo Franco não previu o governo desastroso?

Por Saddam Hayek

Infelizmente, o “espiritismo” brasileiro é a religião mais respeitada do Brasil, já que suas irregularidades e erros nunca são denunciados. Por isso fica fácil pagar a doutrina brasileira, totalmente contradizente com a doutrina original francesa, e preservá-la diante da opinião pública que a define como a religião mais racional, moderna, honesta e humilde do país.

Na época das eleições, correu uma declaração de Divaldo Franco que deixou os seus admiradores mais progressistas de cabelos em pé, embora em inúmeras vezes, inclusive em suas obras, o “médium” baiano tenha exposto seu claro conservadorismo, adequado a forma medieval de Catolicismo que dominava em seus tempos de jovem.

Falando curto e grosso: Divaldo declarou seu apoio a Jair Bolsonaro. Não podemos mais colocar provas disto aqui por alguma censura que retirou qualquer referência a declaração para que fiéis progressistas continuassem idolatrando o “médium”, que dá muito dinheiro para a FEB através de palestras e livros.

Mas vendo as redes sociais, é um triste e real fato e tem causado briga entre os fiéis do “Espiritismo” brasileiro, divididos entre apoiadores (religiosos ou cristãos) e detratores (científicos ou ortodoxos) do “médium”. Entre os defensores há enorme interesse em preservar o prestígio de Divaldo, considerado um farsante por ninguém menos que Herculano Pires, melhor tradutor de Allan Kardec.

Se Divaldo apoiou Bolsonaro, como dizem as redes sociais dedicadas ao “Espiritismo”, ele entrou numa sinuca de bico, numa situação onde quaisquer das alternativas é capaz de derrotá-lo, sendo fatalmente ferido em cada um dos aspectos. Uma situação que, qualquer que seja a hipótese assassinaria a queima-roupa a reputação do “médium” baiano.

Segundo informações, Divaldo, que condenou o socialismo, por atribuir a este, características fascistas (?!) de prejuízo humanitário, disse que Bolsonaro seria um bom presidente e faria um bom governo pelo Brasil. Baseando nestas declarações, vamos considerar duas hipóteses:

Considerando que Divaldo Franco seja um paranormal, um médium, que fala com espíritos, conhece o futuro e lê as mentes humanas, Divaldo sabia que Bolsonaro era neo-nazista e que realizaria um estrago no Brasil. Na ótica de Divaldo (outro simpatizante da Teologia do Sofrimento), “bom governo” seria este caos que vemos hoje, com um país em frangalhos, sofrimento e genocídio em todos os cantos do país?

Se considerarmos Divaldo como um pacifista, um altruísta incansável que sempre trabalhou em benefício da população, então ele n~]ao é médium, pois não sabia que Bolsonaro era um neo-nazista, enxergando nele a competência e a responsabilidade social comprovadas por Lula, uma personalidade que Divaldo sempre detestou, por razões ideológicas.

Vocês escolham, meus amigos. Se Divaldo é médium, ele é fascista: ou seja, não é bondoso. Se Divaldo não é fascista, sendo infinitamente bondoso, ele não é médium, pois não teve as condições espirituais para analisar e prever os acontecimentos, identificando no líder fascista o seu mal-caratismo, revelando-se como um farsante na capacidade mediúnica.

Nos dois casos, Divaldo Franco arruína o seu prestígio, prova de que em toda a sua carreira de líder “espírita”, ele conseguiu enganar multidões. Mas o lobo encontrou uma fartura de ovelhinhas inocentes para serem devoradas e hoje, mesmo velho, está muito bem alimentado, gordo e feliz, sem perspectivas de desencarne imediato.

Enquanto isso, Bolsonaro segue destruindo o país, sob as bênçãos do “Espiritismo” brasileiro.

Bundesliga já estuda volta dos torcedores nos estádios

Imagem

Faltando uma rodada para o término do Campeonato Alemão, os organizadores já estão pensando na próxima temporada, mas principalmente como podem fazer com que os torcedores voltem aos estádios, segundo a revista “Kicker”. As informações apontam que será usada tecnologia para ajudar no monitoramento dos presentes.

As arenas irão adotar câmeras termais na entrada, para verificar a temperatura dos fãs das equipes e dispositivos que irão garantir que todo o público esteja de máscara e com distâncias seguras entre si durante os 90 minutos. A partida entre Dortmund e Hoffenheim, ainda sem torcedores, pode servir como teste.

“A nossa plataforma permite detectar caso as pessoas estejam mais juntas ou não usem máscaras. Gera um alarme de forma que alguém vai corrigir o que está errado”, disse Karsten Neugebauer, co-fundadora da empresa G2K. (Com informações do Lance!)

Band afasta Lacombe por entrevista com blogueiro bolsonarista e “pautas tendenciosas”

A TV Bandeirantes decidiu afastar o apresentador bolsonarista Luís Ernesto Lacombe, assim como Nathália Batista e o diretor-geral do “Aqui na Band”, Vildomar Batista. Demissões de produtores também estão previstas para esta quinta-feira (25). De acordo com o Notícias da TV, a decisão seria em consequência de uma briga interna na emissora por conta do excesso de “pautas tendenciosas” em favor do presidente Jair Bolsonaro.

Nesta terça-feira (23), o Aqui na Band escalou o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, um dos principais alvos do inquérito das fake news, conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes no Supremo Tribunal Federal (STF), como “especialista” em conservadorismo.

Com isso, o diretor executivo da emissora, Fernando Mitre, foi às redes sociais para deixar claro que não tinha responsabilidade pelo programa: “A programação diária do jornalismo da Band aberta, sob a minha direção e de Rodolfo Schnneider, é ampla: Primeiro Jornal, Bora SP, Bora Brasil, Brasil Urgente, Jornal da Band, Band Notícias, Jornal da Noite. (Respondendo a muitos.)”.