Flamengo quebrou protocolos de segurança, diz MP do Rio

Flamengo venceu o Bangu por 3 a 0 na retomada do Campeonato Carioca durante a pandemia do coronavírus - Thiago Ribeiro/AGIF

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva e Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital, encaminhou ofício à Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), requisitando esclarecimentos quanto à notícia de descumprimento do protocolo “Jogo Seguro” na partida da última quinta-feira (18), entre Flamengo e Bangu, no Maracanã, que marcou a retomada do Campeonato Carioca em meio a pandemia do coronavírus.

Segundo o ofício, o MPRJ recebeu notícia do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) informando que o Flamengo não teria cumprido integralmente as diretrizes do protocolo por não ter realizado a concentração dos atletas 48 horas antes do jogo.

A denúncia também traz a notícia de que a Ferj teria lançado nova versão do protocolo Jogo Seguro às vésperas da partida. O Ministério Público questiona também se a federação elaborou um protocolo diferente do enviado ao órgão no último dia 12.

O MPRJ ressalta que eventual descumprimento do protocolo pode caracterizar violação dos termos do ¿art. 6º, III do decreto estadual nº 47.112 que regula a prática de atividades econômicas no atual momento de emergência em saúde devido à pandemia do novo coronavírus (COVID-19). (Com informações do UOL)

Um comentário em “Flamengo quebrou protocolos de segurança, diz MP do Rio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s