O conluio entre PF e Bolsonaro que garantiu uma eleição

Imagem

O empresário Paulo Marinho, suplente na chapa de Flávio Bolsonaro na eleição de 2018, revelou à Folha de S. Paulo que o senador soube das investigações que envolviam Queiroz com antecedência e que a Polícia Federal manteve sigilo até o fim da eleição, para não prejudicar a eleição de Jair Bolsonaro.

Imagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s