Leão desafia Brusque de olho na premiação da Copa do Brasil

Imagem

Brusque e Remo jogam pela segunda fase da Copa do Brasil, às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Augusto Bauer, em Santa Catarina. Em caso de empate no tempo normal, a decisão será nas penalidades. Quem avançar pega o vencedor de Brasil de Pelotas x Manaus e ainda embolsa R$ 1,5 milhão de premiação da CBF.

Líder do Campeonato Catarinense e garantido nas quartas de final de forma antecipada, o Brusque tenta avançar na Copa do Brasil. O time comandado por Jersinho Testoni tem apenas uma derrota em oito partidas na temporada. Na fase anterior, eliminou o Sport-PE ao vencer, por 2 a 1, também no Augusto Bauer.

O Remo encara a partida como prioridade neste começo de temporada, de olho na cota de R$ 1,5 milhão da terceira fase. Esse dinheiro irá ajudar no pagamento de dívidas do clube e possibilitará investimentos para a disputa da Série C do Brasileiro.

A tendência é que o Brusque utilize a mesma base que tem usado nos jogos do estadual. Sem contar com o lateral-direito João Carlos, lesionado, Gustavo Henrique permanece no setor. No ataque, Edilson também continua lesionado. Com isso, a posição de titular segue com Alex Sandro, ex-Remo.

Rafael Jaques poupou atletas na partida do último sábado, contra o Águia, pelo Campeonato Paraense. Com isso, os zagueiros Fredson e Mimica, o lateral Ronaell, os volantes Xaves e Charles, o meia Douglas Packer e os atacantes Jackson e Gustavo Ermel devem retornar à equipe titular.

6 comentários em “Leão desafia Brusque de olho na premiação da Copa do Brasil

  1. É difícil como torcedor dizer isso, mas o time do Remo não tem nada em termos táticos, é um time totalmente perdido em campo, jogadores inseguros tecnicamente e sem nenhuma pespectiva de melhora desse quadro. Até agora 1xo pro Brusque, acho difícil o Remo conseguir reverter.

    Curtir

  2. Realmente o Remo parece bem ao estilo do Auxiliar técnico Netão, todo atrás, dando a bola de graça toda hora para o adversário, não tem saída, jogadas ensaiadas, posicionamento, parece que reuniram o time hoje o botaram para jogar. Como diz o Caxiado: Vamos esperar a Santinha fazer milagre. Presidente Fábio Bentes o Remo não é para amadores, ainda dá tempo.

    Curtir

  3. É triste ver meu clube de coração jogar desse jeito, parece que não há treinamento, não existe nenhuma segurança de jogo em termos defensivos, assim é complicado produzir algo positivo ou chance de vitória. Olha, se o Remo pegar o Castanhal na semifinal do paraense, acho que não passa.

    Curtir

  4. Vergonhoso o que vimos hoje nesse jogo. A diretoria tem que tomar uma atitude agora, porque com esse rendimento pífio, está comprometido o andamento do campeonato paraense e até a série C.

    Curtir

  5. Já tinha avisado bem antes aqui no blog e na rádio clube, isso era tragédia anunciada, time sem esquema tatico nenhum, baixa qualidade do plantel/jogadores. O Remo tem que começar do zero, primeiro trazer um treinador de peso com conhecimento tático e técnico e que imponha respeito, contratar qualidade e não quantidade, e repito mais uma vez. Alô Fábio Bentes o Remo não é para amadores. Ainda há tempo e que não venha essa desculpa, que deixamos de ganhar dinheiro para poder investir. Chega! Que vergonha! o Remo tem que ser grande, o Remo tem que ser maior do que voces.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s