Um xerife para o Papão

POR GERSON NOGUEIRA

Quando a temporada 2019 terminou, o PSC decidiu manter a maioria do grupo que disputou Série C e Copa Verde. Não foi uma estratégia aplaudida por todos, mas foi defendida pelo técnico Hélio dos Anjos com o argumento de que o trabalho para 2020 deveria começar a partir de uma base pré-existente.

Dos titulares das últimas partidas do ano, o Papão conservou sete jogadores, com ênfase na linha de zaga, mantida integralmente, apesar de críticas de parte da torcida em relação ao lateral Toni e ao zagueiro Micael. A manutenção dos defensores se sustenta na longa invencibilidade (25 jogos) que perdurou da 6ª rodada da Série C à final da Copa Verde.

Prestigiar a defesa foi uma espécie de retribuição por bons serviços prestados. Um critério que a diretoria avalizou e todo mundo entendeu. O problema é que logo no primeiro lote de reforços ruiu a ideia de que a zaga seria preservada.  

Wesley Matos, experiente zagueiro recém-saído do Vila Nova goiano, foi contratado com o objetivo de que venha a ser o xerife que o time não teve durante toda a temporada passada, razão de lamentações discretas do técnico Hélio dos Anjos, principalmente após derrotas traumáticas nos segundos finais dos jogos contra o Náutico e o Cuiabá (CV).

Ao apontar falta de malandragem e experiência para controlar a narrativa de jogos decisivos, o técnico deixou no ar sua insatisfação com a postura emocional da equipe. Nada mais natural que fosse buscar um jogador com perfil de liderança, como Wesley, conhecido pela postura decidida e a facilidade natural para orientar os companheiros em campo.

Capitão ao longo de boa parte da carreira, Wesley deve assumir o mesmo papel no Papão. Ao apresentar o jogador, Hélio não economizou elogios, deixando claro que não quer apenas mais um zagueiro. Espera contar com um comandante de tropa, um líder positivo e que não esconde o que pensa.

Antes de deixar o Vila, Wesley recebeu críticas por reclamar de salários atrasados em meio à crise vivida pelo clube. Disse que algumas “coisas ruins” aconteciam e que, por isso, a bola não estava entrando.

Parazão tem 1ª rodada finalmente confirmada

Depois de muitas dúvidas, polêmicas e alterações de última hora, foi finalmente confirmada a 1ª rodada do Campeonato Paraense com datas, horários e locais. Se não houver nova reviravolta, os jogos estão assim programados: no sábado, 18, às 15h30, no estádio Parque do Bacurau, em Cametá, jogam Independente x Castanhal; no domingo, 19, às 15h30, no Diogão, em Bragança, Bragantino x Águia de Marabá; às 16h, no estádio Arena Verde, Paragominas x Carajás; no mesmo horário, no estádio Jornalista Edgar Proença, o Remo enfrenta o Tapajós.

A rodada fecha com PSC x Itupiranga, na segunda-feira, 20, às 20h, no estádio da Curuzu. E, apesar das providências divulgadas pela FPF, algumas pendências permanecem. Por problemas com o laudo de vistoria, o jogo do Independente no Parque do Bacurau será jogado com portões fechados.

A situação do estádio Maximino Porpino, em Castanhal, também segue indefinida. A coluna de ontem informou, erradamente, que o Ministério Público do Estado havia obtido liminar suspendendo atividades no Modelão.

O MPPA não determinou o veto ao estádio por meio de medida liminar, nem estabeleceu multa. Ingressou na Justiça com uma ação civil solicitando que o Judiciário determine a interdição e fixe sanções por descumprimento. A Promotoria de Castanhal aguarda a resposta da Justiça.

Copinha: Desportiva passa à 2ª fase, com méritos

Em quatro Copinhas, três classificações da Desportiva para segunda fase da competição, todas somando 6 pontos. Ontem, o time paraense derrotou o Moto Clube por 2 a 1, com direito a um golaço de Mateus, passando à segunda fase. O próximo obstáculo é o Cruzeiro, amanhã.

Para os que costumam reclamar dos elogios dirigidos à Desportiva, é fundamental entender que o clube investe na formação de atletas. Sua razão de existir é a revelação de craques. Se ainda não atingiu esse estágio, não se pode dizer que não esteja tentando com afinco.

Dupla Re-Pa ganhará homenagens da Aclep

Na estreia de Remo e PSC no Parazão 2020, a dupla será agraciada com o troféu Destaque Aclep 2019, que levará os nomes do cronista Carlos Castilho e do locutor Cláudio Guimarães, ambos da Rádio Clube do Pará.

Pelo Remo, o goleiro Vinícius vai receber o troféu Carlos Castilho. Pelo PSC, o atacante Nicolas vai receber o troféu Cláudio Guimarães.

Em cada clássico Re-Pa válido pelo Parazão, o melhor jogador em campo vai receber troféu que levará o nome de um cronista esportivo a ser definido pela Associação dos Cronistas Esportivos do Pará.

Ainda não há informação a respeito, mas imagina-se que a Aclep irá destinar troféus para homenagear o Independente, vice-campeão estadual, e o Bragantino, terceiro colocado no campeonato de 2019. Nada mais justo.

Glorioso aposta em soldados desconhecidos

Enquanto os demais clubes se movimentam no mercado para reforçar elencos, o Botafogo se esmera em contratar jogadores medianos – alguns nem isso. A novidade de ontem foi ninguém menos que o problemático lateral Guilherme Santos, que andou pelo PSC na Série B 2018 com pífio rendimento. Não há grana disponível, mas o clube faz um esforço danado para glorificar anônimos. Pode até dar certo, mas não permite maiores entusiasmos à torcida.

Bruno Nazário, Ruan Renato, Pedro Raul, Tiaguinho, Bruno Nazário, Lecaros e Luiz Otávio completam a trupe de desconhecidos. O chileno Jara é um sonho cada vez mais distante. Pelo que é possível notar, o Fogão terá outro ano dificílimo, com toda pinta de projeto “Série B, aí vamos nós”.

(Coluna publicada na edição do Bola desta sexta-feira, 10)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s