Apesar de ter o dobro da audiência, Fox será absorvida pela ESPN

Por Cosme Rímoli

Benjamin Back e Mauro Cezar Pereira.

Dois estilos completamente distintos.

Mas ambos vitoriosos.

Irão se juntar para discutir futebol.

Assim como PVC, André Kfouri, Oswaldo Paschoal, Zé Elias, Edmundo,Gustavo Hofman, Mano…

A adaptação será uma grande incógnita.

A Fox Sports optou pela descontração.

A ESPN/Brasil escolheu a sobriedade.

E mais a Libertadores da América, até pelo menos 2022.

A união forçada deverá acontecer no início de 2020.

Março é um mês muito comentado nas duas emissoras.

A fusão é considerada sem volta, obrigatória.

E marcará o fim dos canais Fox Sports.

O motivo é conhecido.

Depois de meses de negociações sigiliosas, no dia 14 de dezembro de 2017, a The Walt Disney Company anunciou nos Estados Unidos a compra da 21st Century Fox.

Gastou 52,4 bilhões de dólares, R$ 218 bilhões.

Além dos filmes, séries, desenhos, há os canais a cabo. Eles estão sendo agrupados ou vendidos no mundo todo.

No Brasil, o Cade decidiu só aceitar a negociação se a Disney abrisse mão ou da ESPN/Brasil ou da Fox Sports para evitar o monopólio no mundo dos esportes. Esta postura firme do Conselho Administrativo de Defesa Econômica protege a princípio a concorrência. Mas o grupo Globo, principalmente o Sportv, é o maior favorecido.

O Cade exigiu que a Disney escolhesse quais canal esportivo iria ficar. ESPN/Brasil ou Fox Sports. A escolha recaiu pela ESPN/Brasil.

A Disney fez de tudo durante 2018 e até o final deste ano para vender os canais Fox Sports. Chegou até a contratar a empresa Pyne Midia, que pertence a Benjamin Pine, ex-vice presidente de distribuição global da ESPN. Mas a crise, a recessão financeira brasileira foi forte demais.

A DAZN Brasil, empresa de streaming, acabou sendo a única interessada. Mas, a princípio, queria apenas as instalações físicas da Fox Sports no Rio de Janeiro. Não queria assumir funcionários. Mesmo assim, desistiu no meio do caminho.

Assim, a única solução possível e que, já foi aprovada nos bastidores do Cade, será mesmo a fusão dos canais Fox Sports com a ESPN/Brasil.

Esse caminho já era indicado há meses, quando a ESPN/Brasil fez uma surpreendente reformulação mandando muitos funcionários embora.

Como Juca Kfouri e Arnaldo Ribeiro e outros jornalistas.

Assim como o diretor-geral, João Palomino.

Não houve contratações para cobrir a lacuna com as saídas

Na verdade, a cúpula da emissora já estaria ciente da possível fusão e se preparando para receber alguns funcionários da Fox Sports.

A fusão é muito melhor do que o simples fim dos canais esportivos, como aconteceu, por exemplo, com o Esporte Interativo, com quase todos seus funcionários demitidos.

Confirmada a fusão, a ESPN/Brasil absorverá uma pequena fatia de empregados da Fox Sports. 

Haverá dispensas, demissões.

Os funcionários dos canais com sede no Rio de Janeiro foram avisados.

E estão inconformados.

Porque a Fox Sports costuma dar o dobro de audiência da ESPN/Brasil.

Mas para a Disney pesou a tradição, a marça.

A ESPN é muito mais forte no mundo todo, principalmente nos Estados Unidos.

E por isso sua estrutura e seus empregados serão mantidos.

Ao contrário da Fox Sports.

A cúpula do Cade não tem outra solução a não ser aceitar a fusão.

A ESPN/Brasil foi fiscalizada e houve a certeza da tentativa de venda dos canais e a ausência de interessados.

Veja mais: Raí com um pé fora do São Paulo. Os fracassos são ‘todos seus’

O clima nos canais Fox Sports é de revolta, inconformismo.

Medo das demissões.

Mas a direção agiu com dignidade.

E preparou os jornalistas, produtores e câmeras para o que deverá acontecer.

A fusão com a ESPN, com sede em São Paulo.

E o fim dos canais Fox Sports…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s