Brasil perde Wanderley Guilherme

Morreu ontem à noite no Rio de Janeiro, aos 84 anos, o cientista político Wanderley Guilherme dos Santos, professor aposentado da UFRJ e fundador do Iuperj. Morreu de pneumonia. Estava internado desde quinta-feira num hospital carioca.

Wanderley tinha acabado de escrever um livro em que explica a eleição de Jair Bolsonaro. A obra deve ser publicada em breve pela Topbooks.

Aos 29 anos, em 1962, publicou o texto “Quem dará o golpe no Brasil?”, em que antecipou o golpe militar que derrubou João Goulart.

Real vai em busca de Mbappé

O Real Madrid não desistiu da ideia de contar com o atacante Kylian Mbappé na próxima temporada. Segundo reportagem assinada pelo colunista Manuel Bruña, do jornal espanhol “Mundo Deportivo”, o clube da capital espanhola cogita desembolsar até 300 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão, na cotação de ontem) para ter o astro francês.

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, acredita que Mbappé, de 20 anos, é a grande estrela da próxima década e quer tê-lo atuando pelo clube merengue. O dirigente ainda acredita que a presença de Zinedine Zidane pode ajudar a seduzir o francês. No entanto, o Real Madrid não está disposto a criar um atrito com o PSG para contratar Mbappé, já que o presidente merengue, Florentino Pérez, mantém boa relação com o mandatário do PSG, Nasser Al Khelaifi.

A publicação ainda destaca que Mbappé deverá ter papel fundamental em uma eventual negociação. O atleta, que tem contrato até 2022 com o PSG, não aceitou as ofertas de renovação apresentadas pelo clube da capital francesa até aqui. Os dirigentes da equipe de Paris teriam oferecido mais dois anos de contrato ao atacante, além de um salário de 37 milhões de euros por temporada (R$ 164,4 milhões, na cotação de ontem). O montante colocaria Mbappé como segundo jogador mais bem pago da equipe, atrás apenas de Neymar.

Contudo, o valor oferecido não seduziu o francês, que deseja ganhar títulos importantes, como a Liga dos Campeões, para sonhar com o prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa e com a Bola de Ouro. O jornal francês “Le Parisien” publicou reportagem analisando a relação entre Kylian Mbappé e o técnico do PSG, Thomas Tuchel.

A publicação destaca que o atacante teria ficado incomodado em ficar no banco de reservas na partida do meio de semana pela Liga dos Campeões, quando o PSG bateu o Brugge por 5 a 0. Na ocasião, Mbappé entrou apenas no segundo tempo do jogo e anotou três gols. (Com informações do UOL)