Justiça decide futuro de Rony

POR GERSON NOGUEIRA

A coluna recebeu ontem nota de esclarecimento da assessoria do empresário Hércules Junior, que assumiu o controle da carreira do lateral-direito Rony, informando que uma ação foi ajuizada para cobrar 14 meses de salários devidos. A respeito das informações aqui publicadas, na edição de sábado, informa que “ao fechar com a empresa (H2R Manager), Rony e a mãe relataram que o atleta estava com salários atrasados de 2017 (quatro meses) e 2018 (dez meses)”.

A nota prossegue: “Além disso, a mãe informou que em junho tentou seis vezes contato o presidente, mas que em nenhuma vez obteve sucesso ou retorno. Falou também com o diretor da base, Marcelo Bentes, e com o advogado, Pietro, os mesmos falaram que o clube não tinha dinheiro para quitar os atrasados, que a gestão não tinha responsabilidade sobre as dívidas passadas e que a situação ficaria assim. Isso fez com que a família procurasse alguém para defender os direitos do atleta. A ação foi ajuizada e a justiça deu prazo de cinco dias para que o Remo comprove com documentos que está ok com suas obrigações com Rony”. 

Acrescenta que Rony “encontra-se em Barcarena, ao lado da família, aguardando decisão da justiça. Caso os documentos sejam apresentados, o atleta se apresentará normalmente para cumprir seu contrato com o Remo. Porém, caso seja confirmado que o Remo não cumpriu com suas obrigações básicas, o atleta irá para (sic) algum seguir seu caminho”.

Sobre a retirada de material do Baenão, a assessoria explica que Gustavo Ramos e Rony são amigos. Por estar em Barcarena e ter convidado o atacante para conhecer a praia do Caripi, Rony pediu que apanhasse suas coisas no clube, visto que “aguarda decisão da justiça para ser liberado”.

Quanto a Gustavo Ramos, a empresa de Hércules confirma que fechou contrato com o jogador na reta final da Série C. “Algumas possibilidades de transferência para Série A e B apareceram, porém, por ter contrato com o Remo e pelos clubes interessados não quererem dar compensação financeira para liberá-lo, Gustavo seguiu cumprindo o contrato. Na época, foi levantada a possibilidade de uma melhoria salarial para o atleta e, consequentemente, a renovação contratual, mas a diretoria preferiu não levar o assunto adiante”. 

Ressalta que, após a eliminação da Copa Verde, a diretoria procurou Gustavo para renovar e este respondeu que o assunto seria resolvido com a empresa que gerencia sua carreira. “Porém, até hoje a empresa não foi procurada e não existe uma proposta oficial para renovação”. 

Leão vai defender direitos sobre o atleta

Do lado remista, a postura é de cautela e tranquilidade. Fontes ligadas à diretoria indicam que o clube se prepara para o embate de natureza jurídica e vai contestar tentativas de rompimento de contrato, entendendo que o jogador tem acordo a cumprir e que abandonou o clube em 2018, ficando meses sem se apresentar ao clube – existem provas dessa ausência de Rony. Descobriu-se depois que o lateral estava fazendo testes em clubes do Sudeste. Apesar disso, a diretoria chamou Rony de volta e ele voltou aos treinos no Evandro Almeida, passando a morar na concentração.

O clube fez depósito em consignação na Justiça do valor correspondente às pendências existentes, depois de fazer um levantamento da situação dele, incluindo questões em aberto da gestão Manoel Ribeiro. Chegou ao conhecimento da diretoria que o jogador teria recebido proposta de salários na faixa de R$ 15 mil, bancada por um clube que não terá nenhum dispêndio para contar com o atleta revelado no Evandro Almeida.

Circula a informação de que, além de Hércules Junior, o empresário Fred Carvalho teria procuração antiga para representar Rony e que estaria disposto a reivindicar o direito de negociar por ele.  

Papão garante permanência de seu maior reforço em 2019

A desconfortável situação financeira do PSC – nas palavras do próprio diretor de futebol Felipe Albuquerque – foi o que mais atrapalhou o andamento das negociações para manter o Hélio dos Anjos, principal nome do clube na temporada. Finalmente ontem o acordo foi sacramentado e o técnico vai seguir dirigindo a equipe.

A entrevista de Albuquerque no Bola, edição de ontem, impressionou pela franqueza em expor as entranhas financeiras do clube. Contou até que o elenco estava com o salário do mês em atraso por ocasião do jogo do acesso contra o Náutico, no estádio dos Aflitos.

O desligamento de seis jogadores, entre os quais o goleiro Mota e o volante Léo Baiano, tem a ver com o enxugamento de elenco imposto pelos problemas financeiros, agravados com o retardamento das finais da Copa Verde, marcadas pela CBF para 13 e 20 de novembro.

Com Hélio a situação foi tratada como prioritária. Facilitou as coisas a manifesta vontade do técnico em permanecer no Papão, satisfeito com a receptividade ao seu trabalho e encantado com o carinho da torcida.

A questão é que o treinador termina o ano valorizado pela boa campanha. O time está invicto há 21 partidas, desde sua chegada. Com salário acima da faixa da Série C, ele queria aumento para continuar na Curuzu.

Segundo fontes ligadas à diretoria do clube, tudo foi devidamente ajustado. Os ganhos de Hélio estariam na faixa de R$ 80 mil e, com o reajuste, devem chegar a R$ 120 mil. A permanência dos auxiliares Guilherme dos Anjos (filho) e Marcelo Rocha foi parte da negociação.   

(Em tempo: a imprensa maranhense noticiou ontem que o Sampaio Corrêa, com presença garantida na Série B 2020, já renovou com João Brigatti, ex-comandante bicolor. Brigatti teria sido sondado por vários clubes, incluindo o Remo, embora o presidente Fábio Bentes negue).

(Coluna publicada no Bola desta terça-feira, 15)

Um comentário em “Justiça decide futuro de Rony

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s