Fernandes valoriza empate fora de casa e avisa: “Nunca duvide de um leão”

marcio-fernandes-remo-coletiva

Depois do empate com o Volta Redonda, na sexta-feira à noite, o técnico Márcio Fernandes valorizou o ponto conquistado, apesar de o resultado deixar o time ameaçado de sair do G4. “Não foi tão ruim o empate e estamos no jogo ainda. Temos dois jogos praticamente em casa, porque claro que o mando é do Paysandu [na última rodada], mas é dentro do Mangueirão e nós temos tudo para conseguir a nossa classificação para o mata-mata”, disse.

A partida não teve uma equipe dominante, porém o Remo teve chances de gol e voltou a falhar nas finalizações. “Acho que fizemos um bom jogo. O time estava muito bem, aí teve a expulsão do Wesley, um jogador que estava bem demais. Acho que a expulsão dele foi prejudicial para a gente porque o Wesley estava bem e o Douglas [Lima, do Volta Redonda] não estava tão bem assim, então, quer dizer, saiu um jogador que não estava tão bem na partida e, na troca, não foi tão vantajosa para a gente. Mas tivemos ainda condições de criar algumas chances dentro do jogo”.

Com a perda do atacante Wesley, expulso (injustamente) no começo da partida, Márcio Fernandes teve que mudar a formação ofensiva na segunda etapa: trocou o lateral Gabriel pelo atacante Danillo Bala.

“Nós tivemos oscilações dentro do jogo. Começamos a perder um pouco de velocidade na frente, aí eu tive que fazer uma substituição audaciosa colocando o Gustavo Ramos na lateral e o Danillo Bala lá na frente, para que a gente ganhasse velocidade de novo. Conseguimos levar de novo o Volta Redonda para a defesa, criamos algumas chances e nos precipitamos na hora da finalização”, observou Fernandes.

Com mais dois jogos pela frente, Fernandes já planeja estratégia para o confronto com o São José (sexta-feira, em Belém) e antecipa que escalará um time misto para a partida com o Sobradinho, terça-feira, pela Copa Verde.
“Temos um jogo terça-feira pela Copa Verde. Vamos dar ritmo a alguns jogadores, que nós vamos precisar. Perdemos o Wesley, o Ronaell tomou o terceiro amarelo, então são jogadores eu não vão poder estar presentes no próximo jogo [da Série C] e a gente tem que pensar. Deixamos alguns jogadores [em Belém] trabalhando fisicamente para que possam melhorar essa condição, como é o caso do Carioca, do Djalma, para ver se consegue ter uma melhora da contusão. Vamos ver”.
Fugindo ao estilo discreto, Fernandes mostra-se otimista em relação à classificação. “Em outra situação, como no ano passado, nós estávamos jogando para não cair, e a equipe do Remo não deveu nada para ninguém nesse campeonato. É isso que nos dá confiança, não dá certeza de nada, mas eu creio. Claro, nós perdemos um jogo para o São José-RS, mas numa circunstância fora de casa. Realmente foi lamentável, mas eu creio que junto do nosso torcedor a gente é mais forte, pode mais e vai acontecer. Nunca duvide de um leão, o leão está sempre pronto para poder ser o rei da selva, e vai ser”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s