Greenwald enquadra CEO da Forbes

FufdMko2

O jornalista Glenn Greenwald, editor do site The Intercept, que divulgou vazamento de gravações comprometedoras do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e do procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, usou o Twitter para rebater acusações de Antonio Camarotti, CEO e Publisher da BPP, editora que publica no Brasil a revista Forbes.

“’É cúmplice de um ato criminoso’: vc deve ser mais cuidadoso com sua linguagem. Ser o ‘CEO da Forbes’ não te dá o direito de difamar com falsas acusações de crimes. E se você não acredita em jornalismo, deve sair da profissão. E da próxima vez tenha a coragem de dizer o meu nome”, postou Greenwald.

Camarotti havia tuitado a seguinte mensagem: “Estou fora do Brasil e não consigo acompanhar o noticiário como gostaria, então fica a dúvida: já levaram o ‘jornalista/ativista’ para depor?! Ele é cúmplice de um ato criminoso e precisa explicar essa história. Rigor contra esses bandidos que acham que podem seguir impunes”.

Um comentário em “Greenwald enquadra CEO da Forbes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s