Com arbitragem hostil, Tubarão vence mas não leva a vaga

Na reta final da partida, quando o Bragantino vencia por 2 a 1 e pressionava em busca do terceiro gol, que levaria a decisão para os pênaltis, a arbitragem exagerou no rigor e expulsou dois atletas do time paraense – Paulo de Tárcio e Pecel. Em outros lances do jogo, o árbitro inverteu marcações, tendo o Braga sempre como prejudicado.

A campanha do Bragantino, porém, foi digna de elogios. Chegou à terceira fase e brigou de igual para igual com o Vila Nova, time de Série B. A vitória foi aplaudida pelos pouco mais de 7 mil torcedores presentes ao Mangueirão na tarde deste sábado (20).

4 comentários em “Com arbitragem hostil, Tubarão vence mas não leva a vaga

  1. A entregada no gol do Vila Nova faz questionar a qualidade do goleiro do Bragantino.
    Arbitragem levando a culpa do fracasso em campo?
    Não vejo dessa forma.
    O fraco time de Bragança só vem confirmar o que de pior temos para nos representar na terceira divisão.

    Curtir

  2. Amigo Miguel, questiono o uso de dois pesos, duas medidas pela arbitragem. Lá em Goiânia e aqui em Belém, Fidélis foi caçado em campo e ninguém foi expulso por isso. Outro ponto importante foi o penal mandrake sobre Danilo, no jogo de ida, que desequilibrou a disputa. Vila não foi superior ao Braga no confronto.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s