Universidade Federal da Bahia terá cotas para trans e refugiados em 2019

20181226-ufba-divulgacao-600x450

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) aprovou no último dia 19 a abertura de cotas para transexuais, transgêneros e travestis e refugiados ou imigrantes em situação de vulnerabilidade social a partir de 2019. Conforme estipulado pela Resolução 07/2018 do conselho acadêmico de ensino da instituição, serão oferecidas 88 vagas para a população trans e 88 para refugiados. As informações são do Correio 24 Horas.

Atualmente, a universidade oferece 5.974 vagas por ano, metade delas já reservadas para cotistas. Além da reserva de vagas para famílias com renda abaixo de um salário mínimo e meio, deficientes e auto-declarados indígenas, pretos e pardos, cada um dos 88 cursos de graduação da Ufba contará com uma vaga extra para trans e outra para refugiados. As vagas extras já existiam para quilombolas e índios aldeados e a partir do ano que vem totalizarão 352, menos de 5% do total. Todos os interessados devem o ensino médio em escolas da rede pública.

O edital de ingresso da Ufba será publicado no dia 2 de janeiro e as incrições serão abertas no dia 14, com a seleção ocorrendo por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A Ufba já oferecia vagas para o público trans na pós-graduação. No estado, a Federal do Sul da Bahia e a Universidade Estadual da Bahia (Uneb) também já ofereciam vagas para trans.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s