As tretas de He-Man com os técnicos do América-MG

20181211114004666570u

“Ele tem uma certa dificuldade de jogar de acordo com a orientação do treinador”. Essa foi a avaliação feita pelo presidente do América, Marcos Salum, sobre Rafael Moura, ex-atacante do Coelho. O dirigente americano negou que os jogadores tenham praticado qualquer tipo de boicote aos técnicos, mas revelou que Rafael Moura teve dificuldades em acatar as determinações dos treinadores com quem trabalhou.

“Vamos ser bastante justos com os atletas. Nós não tivemos esse tipo de coisa dentro do América. Nós tivemos alguns problemas dos treinadores com o Rafael Moura, porque o Rafael é um jogador mais experiente, cumpre os horários, treina e tudo, mas ele tem uma certa dificuldade de jogar de acordo com a orientação do treinador. Ele quer fazer alguma coisa diferente. Ele teve problema com Enderson, problema com o Ricardo (Drubscky), por isso ele foi para a reserva. Com o Adilson, ele voltou e teve o mesmo problema”, disse o presidente americano em entrevista ao programa 98 Esportes, da Rádio 98FM.

Salum, porém, eximiu o atacante de ter liderado qualquer espécie de motim contra o técnico Adilson Batista, demitido do América após perder em casa para o lanterna e antecipadamente rebaixado Paraná Clube, na 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Existe hoje uma nova forma de jogar, e os treinadores querem que o centroavante recompõe, recue, que marque, e o Rafael sempre se colocou rebelde às orientações, mas no América ele não tinha liderança suficiente para fazer algum tipo de rebelião, no América não tivemos este problema. O que eu achei é que no final do Adilson os jogadores não estavam convencidos do sistema de jogo ia dar certo. Eles gostavam do treinador, lutavam, treinavam, mas achavam que o América tinha que ser mais ofensivo. Por isso, a receptividade do Givanildo foi tão grande, mudou a forma do time jogar e abriu mais o time”, afirmou Salum.

Rafael Moura tem 35 anos e foi contratado pelo Alviverde no inicio da temporada de 2018. O ‘He-Man’ disputou 40 partidas com a camisa do Coelho e balançou as redes nove vezes. O contrato do jogador com o América se encerrou no fim deste ano e o clube decidiu não renovar o vínculo com o atacante. (Do Superesportes)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s