Meia paraguaio é o “reforço de peso” que o Remo terá em 2019

whatsapp-image-2018-12-04-at-21.54.35-04-12-2018-21-13-41

Através de seu site oficial, o Remo divulgou na noite desta terça-feira, durante o lançamento do novo programa Nação Azul, o nome do tão esperado “reforço de peso” para a temporada 2019. Trata-se do meia-atacante paraguaio Eduardo Echeverría. Com passagens por ABC-RN e CSA-AL, o jogador de 29 anos foi anunciado como novo reforço do Remo para a temporada 2019, onde o Leão disputará Campeonato Estadual, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro da Série C.

Antes de jogar em clubes brasileiros, Echeverría atuou em clubes tradicionais da América do Sul, como LDU e Olímpia. Ficou conhecido no Brasil ao atuar pelo ABC-RN e pelo CSA-AL. Marcou um gol contra o Remo, defendendo o ABC, em 2016. Segundo a diretoria do Leão, o jogador se apresentará no dia 27 de dezembro, para se integrar aos treinamentos da pré-temporada azulina.

NOME: Eduardo Alberto Echeverria Espínola (Echeverria)

DATA DE NASCIMENTO: 04/03/1989 (29 Anos)

POSIÇÃO: Meia-atacante

ALTURA: 1,76

PESO: 71 kg

CLUBES: LDU (Equador), Olimpia (Paraguai), Sportivo (Paraguai), ABC-RN e CSA-AL

Apesar da fraude do WhatsApp, TSE aprova contas de candidato do PSL

bolsonaro-600x370

Reportagem de Bernardo Barbosa no UOL informa que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aprovou, com ressalvas, as contas da chapa formada pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e por seu vice, o general da reserva Hamilton Mourão (PRTB). A decisão foi tomada por unanimidade em sessão na noite desta terça-feira (4) em Brasília. Independentemente do resultado, o julgamento das contas era necessário para a diplomação de Bolsonaro, marcada para segunda-feira (10) e o último ato antes da posse, em 1º de janeiro.

De acordo com a publicação, a chapa de Bolsonaro arrecadou mais de R$ 4,3 milhões e declarou gastos de R$ 2,4 milhões, segundo dados do TSE. O MPE (Ministério Público Eleitoral) se manifestou a favor da aprovação com ressalvas das contas, assim como os técnicos do TSE. Para os analistas da Asepa (Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias), houve “impropriedades e irregularidades que, no conjunto, não comprometeram a regularidade das contas”.

Segundo o relator do processo, ministro Luís Roberto Barroso, as ressalvas nas contas “se referem a quantias verdadeiramente inexpressivas” — segundo ele, R$ 5.200 referentes a doações de fontes vedadas por lei e R$ 3.075 de origem não identificada, completa o Portal UOL.

Tite recusaria encontro da Seleção Brasileira com Bolsonaro

tite

O técnico da seleção brasileira, Tite, indicou nesta terça-feira (4), que a presença do presidente eleito Jair Bolsonaro na entrega do troféu do Campeonato Brasileiro de 2018 ao Palmeiras não é uma unanimidade no futebol.

Em entrevista coletiva, o treinador foi questionado se toparia um encontro da seleção com Bolsonaro em uma conquista de título ou antes da Copa América de 2019, por exemplo. E deixou claro que prefere evitar esse tipo de formalidade.

“Não, minha atividade não se mistura. Eu não me sinto confortável. Eu tenho opinião, mas não devo opinar. Sei da minha posição. Não quero misturar, não se mistura enquanto esporte. Da minha parte, não”, declarou Tite.

Sobre a presença de Bolsonaro na entrega da taça aos jogadores do Palmeiras, Tite foi perguntado a respeito da possibilidade de o presidente eleito ter deixado o título alviverde em segundo plano no último domingo. O técnico da seleção se esquivou, mas indicou discordância com a presença política na premiação.

“Minha atividade não se mistura com política. Tenho opinião, mas não quero opinar. Você está fazendo uma pergunta onde já está implícita a resposta”, afirmou

No último domingo (2), Bolsonaro compareceu ao Allianz Parque a convite da diretoria do Palmeiras para acompanhar a partida contra o Vitória pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro. Campeão do torneio na penúltima rodada, o time paulista receberia o troféu e as medalhas referentes à conquista.

Diante da presença, a CBF convidou o político do PSL para participar da cerimônia de entrega dos prêmios aos atletas. (Do UOL)